146 anos do nascimento do pai da aviação

Alberto Santos-Dumont, brasileiro, nascido na Fazenda Cabangu, Palmira, atual Santos Dumont (MG), em 20 de julho de 1873, dedicou sua vida à aviação. De 1889 a 1909, planejou, construiu e experimentou mais de duas dezenas de invenções entre balões livres, dirigíveis e aviões.

Em 4 nov 1984, Santos-Dumont foi consagrado como patrono da Aeronáutica Brasileira, por suas valiosas e pioneiras contribuições à locomoção aérea mundial onde se destaca seu grande feito de haver sido o primeiro aviador mundial a voar com uma máquina mais pesada que o ar, que inventara e construíra, o avião 14-Bis. Na tarde de 23 de outubro de 1906, no Campo de Bagatelle, em Paris, frente a um público numeroso, arrebatou, com um voo de 70 metros, a Taça Archedeacon, destinada a quem voasse mais de 25 metros. Foi o responsável por iniciar a Era da Aviação Mundial com o seu avião Demoiselle nº 20, cujo modelo difundiu-se mundialmente e no qual todo o mundo iniciou a voar.

SANTOS DUMONT 2019

Como forma de preservar a História e homenagear esse célebre brasileiro, o MUSAL promoverá, nos dias 20 e 21 de julho, um evento para receber e entreter seus visitantes com uma programação especial, que contará com atrações como: exposição do Acervo Histórico do MUSAL, visitação às aeronaves, demonstrações aéreas, balonismo, exposição de ultraleves, aeromodelismo, oficinas infantis, demonstrações operacionais e paraquedismo, além de praças de alimentação e shows musicais.

A entrada para os eventos será gratuita, contudo o MUSAL convida o público a levar 1kg de alimento não-perecível para ser doado ao Instituto Casa Viva, uma Organização que atua em atendimento às necessidades da população mais carente.

(Museu Aeroespacial – MUSAL/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>