150 Anos da Passagem de Humaitá marca a abertura do Ano Cultural da Marinha na DPHDM

150 Anos da Passagem de Humaitá marca a abertura do Ano Cultural da Marinha na DPHDM

Cumprindo a missão de preservar e divulgar a memória da Marinha do Brasil, disseminando a consciência marítima entre a sociedade brasileira, a Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) realizou, em 06 de março, no Auditório do Museu Naval, no Rio de Janeiro, a Cerimônia de Abertura do Ano Cultural da Marinha. Em 2018, a Marinha do Brasil memora o Sesquicentenário da Passagem da Força Naval brasileira pela Fortaleza de Humaitá, ocorrida em 19 de fevereiro de 1868, durante a Guerra da Tríplice Aliança contra o Governo do Paraguai. Nesse sentido, a DPHDM divulgou os eventos alusivos à efeméride previstos na programação cultural.

Tendo como base o Acervo da DPHDM, em maio, durante a Semana Nacional de Museus, será inaugurada a exposição em memória aos 150 anos do acontecimento que entrou para a história como “Passagem de Humaitá”, na qual o público poderá refletir sobre alguns aspectos do maior conflito entre nações ocorrido no continente americano por meio da obra do pintor italiano Eduardo de Martino, convidado pelo Imperador Dom Pedro II para registrar cenas do teatro de operações.

Em junho, a nova edição da revista Navigator publicará o dossiê temático “150 anos da Passagem de Humaitá: história, memória e repercussões político-militares”, organizado pelo Prof. Dr. Francisco Doratioto, autor do livro Maldita Guerra. Em setembro, ocorrerá um seminário sobre a efeméride no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), reafirmando uma parceria institucional iniciada há mais de dez anos que privilegia a divulgação da História Naval Brasileira.

Além das atividades alusivas ao Sesquicentenário da Passagem de Humaitá, o Diretor da DPHDM, Vice-Almirante José Carlos Mathias, apresentou as atividades programadas nos âmbitos da Arqueologia Subaquática, Arquivologia, Biblioteconomia, História e Museologia, áreas de conhecimento orientadas pela Diretoria.

Presidindo a cerimônia, o Secretário-Geral da Marinha, Almirante de Esquadra Liseo Zampronio, ressaltou o compromisso da DPHDM na disseminação da mentalidade marítima na sociedade, preservando a cultura marítima, seus valores e sua memória. Compareceram, ainda, à abertura do Ano Cultural da Marinha, o Almirante de Esquadra (Refº) José Alberto Accioly Fragelli; o Diretor do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER), Tenente-Brigadeiro do Ar R/1 Rafael Rodrigues Filho; e o Diretor do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil (IGHMB) e do Centro de Estudos e Pesquisa de História Militar do Exército (CEPHiMEx), General de Brigada R/1 Márcio Tadeu Bettega Bergo; além de diversas autoridades civis e militares, e ex-Diretores da DPHDM.

Secretário-Geral da Marinha, Almirante de Esquadra Liseo declara aberto o Ano Cultural da Marinha

(CCSM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *