Diretoria de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha ministra instrução em estágio internacional de defesa cibernética do Exército Brasileiro

Diretoria de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha ministra instrução em estágio internacional de defesa cibernética do Exército Brasileiro

O Comando de Defesa Cibernética conduz o “3º Estágio Internacional de Defesa Cibernética para Oficiais das Nações Amigas”, que acontece nas instalações do Centro de Instrução de Guerra Eletrônica, em Brasília, no período de 14 a 25 de maio.

O estágio tem como finalidades compartilhar os conhecimentos na área de Cibernética e estreitar os laços de amizade e cooperação entre as Forças Armadas do Brasil e de outros países: Angola, Argentina, Bolívia, Chile, China, Equador, Estados Unidos da América, Espanha, Gana, Guiana, Nigéria, Portugal, Paquistão, Reino Unido, Suriname e Uruguai, e ainda, a participação de representantes da Polícia Federal do Brasil.

O corpo de instrutores do estágio é composto por especialistas em Defesa Cibernética das Forças Armadas brasileiras. O oficial da Marinha do Brasil, pertencente à Diretoria de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha (DCTIM), ministrou a disciplina de “Boas Práticas na Divulgação de Vulnerabilidades”, abordando a diversidade de ameaças no espaço cibernético e os processos necessários à mitigação de vulnerabilidades junto aos fabricantes e desenvolvedores.

(CCSM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *