35° Aniversário de Ingresso das Mulheres na Marinha do Brasil

35° Aniversário de Ingresso das Mulheres na Marinha do Brasil

No dia 7 de julho de 1980, foi promulgada a lei que criava o Corpo Auxiliar Feminino da Reserva da Marinha, integrando as mulheres às fileiras da Força. Atualmente, as mulheres estão inseridas nos Corpos de Intendentes, Engenheiros, Saúde e nos Quadros Técnico e Auxiliar da Armada do Corpo Auxiliar da Marinha, no Corpo Auxiliar de Praças e no Quadro de Músicos do Corpo de Praças de Fuzileiros Navais. Por mérito próprio, as mulheres ocupam cargos de direção, vice-direção, chefias de departamentos e podem concorrer para promoções a Almirante, nos Corpos de Intendentes e Engenheiros Navais e no Quadro de Médicos, do Corpo de Saúde.

MULHERES

Atuam nas mais diversas áreas, podendo embarcar em Navios Hidrográficos e Oceanográficos, Navios de Assistência Hospitalar e, eventualmente, em Navios da Esquadra, como apoio às atividades operativas. Na área do desporto de alto nível, a Força conta com 142 atletas do sexo feminino, sendo uma das principais instituições incentivadoras do desporto nacional, com excelentes resultados no vôlei de praia, judô, vela, remo e luta olímpica.

A MB reafirmou seu pioneirismo, em 2012, quando a primeira militar foi promovida a Contra-Almirante. Em 2014, mais um marco, com o ingresso de 12 jovens na Escola Naval, no Corpo de Intendentes – totalizando, atualmente, 23 alunas inscritas naquela instituição. No ano corrente, no Corpo de Fuzileiros Navais, a aprovação de duas militares do Quadro de Músicos no concurso de admissão ao Curso de Formação de Oficiais do Quadro Auxiliar de Fuzileiros Navais representou mais um avanço da MB.

(CCSM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *