Aeronave C-95 Bandeirante transportou o órgão de Natal para Fortaleza

Aeronave C-95 Bandeirante transportou o órgão de Natal para Fortaleza

O Segundo Esquadrão de Transporte Aéreo foi o responsável pela missão

A Força Aérea Brasileira realizou o transporte de um fígado para transplante de Natal (RN) para Fortaleza (CE) na tarde de domingo (12). O órgão, conduzido pela aeronave C-95 Bandeirante do Esquadrão Pastor (2º ETA) – sediado em Recife, chegou às 18h30 na capital cearense e foi levado para o Hospital Universitário Walter Cantídio.

transporte 1A solicitação foi feita pela Central Nacional de Transplantes (CNT) ao Comando Geral de Operações Aéreas, que coordenou a operação com o Segundo Comando Aéreo Regional (II COMAR), também localizado em Recife (PE). A aeronave decolou da capital pernambucana às 13h, pousou em Natal 13h50 e partiu para Fortaleza às 17h10.

De acordo com o comandante da aeronave, Tenente Aviador Cayo Cézar Farias Amorim, fazer parte de missões como essa é muito gratificante. “Como tripulante da aeronave da FAB, me sinto orgulhoso e com uma satisfação muito grande em poder participar desse tipo de ação. Acredito que a Força Aérea ao fazer essas missões está atendendo e servindo nossos irmãos brasileiros”, declarou o piloto responsável pela tripulação formada por mais dois militares.

A Enfermeira Patrícia Sueida de Oliveira Maciel, que acompanhou o órgão desde Natal, destacou a importância da missão. “Essa ação está sendo a diferença para uma pessoa que está no hospital, que já não podia fazer planos para amanhã, e graças à solidariedade de uma família, graças ao trabalho de muitas pessoas envolvidas, incluindo a Força Aérea Brasileira, que tem sido um apoio de peso, a gente está conseguindo levar a ajuda para essa pessoa poder continuar vivendo”, declarou.

transporte 2

Este é o segundo transporte de órgão realizado pela FAB após a publicação do Decreto nº 8.783, de 06 de junho de 2016, da Presidência da República que determina à Força Aérea Brasileira a disponibilização de meios aéreos com o objetivo de cumprir missões específicas do Ministério da Saúde, especialmente da Central Nacional de Transporte.

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *