Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

“At de helicptero difcil chegar”, afirma piloto

Terreno para o pouso no Seringal Canad, no Acre, desafia percia do comandante da aeronave

Ao longo dos cinco dias de distribuio de urnas no Acre, as tripulaes do helicptero H-60 Black Hawk encontraram diferentes terrenos e obstculos para pouso, mas nenhum deles exigiu mais percia dos pilotos do que o Seringal Canad na ltima sexta-feira (24/10).

Ate de helicoptero 1

Localizado a 108 km ao sul do municpio de Feij, o local fica cravado na encosta do rio Envira. O nico local disponvel para pouso uma rea em que h vrios tocos altos e pontiagudos de rvores. “O helicptero j um recurso usado quando no se consegue chegar nem de avio, nem de barco ou a p. E naquele local era difcil at para o helicptero”, afirma o Tenente Helder Calenzani.

Com cinco anos de experincia no helicptero e vrias misses na regio amaznica, ele explica qual a tcnica usada para conseguir descer a aeronave sem causar danos na fuselagem. “Tem que existir uma coordenao perfeita entre os pilotos e os operadores”, conta. Alm do piloto e do co-piloto, a tripulao formada por um mecnico e um operador de equipamentos, que ficam nas janelas laterais. Enquanto os pilotos se concentram na observao da rea frontal da aeronave, os auxiliares se concentram nas laterais e na parte traseira. “Eu s posso fazer deslocamentos com autorizao dos operadores”, diz o piloto.

Sem uma operao minuciosa na aproximao, o risco de danos na aeronave grande e perigoso. “Pode romper a fuselagem ou um pneu. Pode ainda bater no rotor, o que seria muito pior”, descreve. Mesmo com a certeza de que no h nada que possa afetar a segurana, o helicptero permanece leve sobre rodas. o nome da tcnica que deixa as rodas tocarem o solo, porm o peso do equipamento, que pode chegar capacidade mxima de dez toneladas, permanece suspenso. “Fica voando, mas com as rodas tocando o cho”, simplifica o piloto do Esquadro Harpia, sediado em Manaus.

Ate de helicoptero 2

Regio de Feij – O apoio logstico da Fora Area Brasileira s equipes que partiram de Feij, municpio acreano com cerca de 30 mil eleitores, foram oito localidades que renem 15 sees eleitorais de difcil acesso da stima Zona Eleitoral. Nestes locais votam quase 2 mil eleitores.

De acordo com a presidente da seo 68 no Seringal Canad, Deusinete de Souza Costa, alm dos equipamentos, medicamentos bsicos e hipoclorito para tratamento da gua, o grupo preparou mantimentos para ficar oito dias na localidade. “Estamos levando carne, por que l no tem, e outros alimentos, como arroz, feijo, charque. Quando aparece, a carne de caa. No primeiro turno, quando estvamos l, no tivemos essa sorte”, lembra a mesria.

Na prxima segunda (27/10) inicia o roteiro de recolhimento das urnas e equipes. Mas no ser preciso aguardar at a data para conhecer o resultado das urnas. Cada equipe segue com um kit de transmisso de dados via satlite da Justia Eleitoral. “Assim que a gente chega na localidade, temos que enviar email avisando que chegou, que est tudo bem, inclusive com os equipamentos. No dia das eleies, a gente tem que passar email quando inicia, depois de uma hora dizendo que est tudo bem e depois envia o resultado das eleies”, detalha a mesria Francineide Cordeiro Sena. Ela tambm vai trabalhar no Seringal Canad.

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *