Atletas brasileiros e cubanos treinam juntos para Pan de Wrestling 2019 no CEFAN

O Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) recebeu mais de 30 atletas, entre medalhistas olímpicos e mundiais, no dia 3 de abril, para intercâmbio de treinamento, visando aos Jogos Pan-Americanos de Wrestling e os 7º Jogos Mundiais Militares, que ocorrerá em outubro na China.

Os principais nomes do Wrestling brasileiro e cubano realizam, até o dia 17 de abril, a fase final de preparação para o Pan-Americano de Wrestling 2019, marcado para os dias 17 e 18 de abril, em Buenos Aires, Argentina. Nomes como os grequistas Mijain Lopez (tricampeão olímpico e cinco vezes campeão mundial) e Ismael Borrero (campeão olímpico e mundial) treinarão com os principais lutadores nacionais integrantes do Programa Olímpico da Marinha (PROLIM) em parceria com a Confederação Brasileira de Wrestling, como os sargentos Angelo Moreira, Davi Albino, Aline Silva, Lais Nunes, Dailane Reis e o marinheiro Joilson Júnior.

“É uma iniciativa da Marinha do Brasil para preparar os atletas para o Pan-Americano de Wrestling, Jogos Pan-Americanos e os Jogos Mundiais Militares. Em virtude da ótima relação entre as comissões técnicas, foi possível trazer a equipe cubana. Além de ajudá-los na aclimatação, vamos aumentar o nível técnico do treino antes do Pan. Todos os atletas ficarão nas dependências do CEFAN e tenho certeza que vai ser bastante proveitoso para cubanos e brasileiros”, afirmou o Primeiro-Tenente Felipe Macedo, treinador da equipe de Wrestling da Marinha.

Além dos ídolos do estilo greco-romano, uma nova geração de lutadoras promete dar nova cara ao Wrestling feminino cubano. Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, a equipe brasileira feminina obteve quatro classificações em seis possíveis. Já as cubanas não levaram nenhuma atleta aos Jogos do Rio. Para este ciclo, Yudaris Rodriguez, atual campeã mundial sub-23 até 68 kg é um dos frutos da renovação cubana. Para a Sargento Lais Nunes, atleta olímpica e 5ª colocada no Mundial 2018, os novos valores do Wrestling cubano merecem ser observados com atenção.

“Essa nova geração de atletas cubanas do Wrestling feminino está vindo com outra cabeça. Estão mais confiantes tecnicamente, com novos treinadores, e isso aumenta o nível e possibilita melhores resultados. Acho importante a iniciativa do treinamento e será bastante produtivo para nós esse intercâmbio de preparação próximo ao Pan-Americano”, afirmou Lais.

Delegação brasileira:
Masculino: Sargentos Diego Romanelli, Arley Machado, André Pinto, Angelo Moreira, Ronisson Brandão, Wellington Silva, Pedro Rocha e Davi Albino e os marinheiros Calebe Correa, Kenedy Pedrosa e Joilson Júnior.
Feminino: Sargentos Susana Santos, Giullia Penalber, Mayara Graciano, Aline Silva, Dailane Reis e Lais Nunes.

Delegação cubana:
Masculino: Mijain Lopez, Ismael Borrero, Luiz Sanchez, Yosvani Flores, Antonio Robles, Gabriel Kindelan e Angel Romero.
Feminino: Yusneilys Lopes, Lilianet Andres, Lianna Herrera, Yakelin Estornell, Yudaris Rodriguez e Malbekis Peres.

(CCSM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>