Atletas da Marinha têm resultados expressivos nesta terça

Atletas da Marinha têm resultados expressivos nesta terça

No quarto dia dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o sétimo de competições, alguns atletas da Marinha alcançaram resultados expressivos.

No Boxe, o Terceiro-Sargento Robson Conceição venceu Anvar Yunusov, do Tadjiquistão, e garantiu presença nas quartas de final da olimpíada, na categoria peso ligeiro (até 60 kg). Seu adversário não voltou para o segundo rounde, assim, Robson Conceição venceu por nocaute técnico.

Robson Conceição venceu por nocaute técnico e avançou para as quartas de final da competição - Getty Images
Robson Conceição venceu por nocaute técnico e avançou para as quartas de final da competição – Getty Images

A próxima luta do militar será na sexta-feira (12), as 12h45, contra Hurshid Tojibaev, do Uzbequistão. Ganhando, já tem o bronze assegurado.

Judô

Apesar da derrota na fase semi-final, a Terceiro-Sargento Mariana Silva (D) obteve um grande resultado com a quarta colocação - CBJ
Apesar da derrota na fase semi-final, a Terceiro-Sargento Mariana Silva (D) obteve um grande resultado com a quarta colocação – CBJ

No judô, o Brasil esteve perto de mais uma medalha com a Terceiro-Sargento Mariana Silva, que disputou o terceiro lugar na categoria até 63kg, mas perdeu para a holandesa Anicka Vam Emden, atual líder do ranking na categoria, por um golpe de yuko. Em sua segunda olimpíada, Mariana conseguiu um grande feito ao vencer favoritas pelo caminho e conquistar a quarta colocação nos jogos.

Vela

 Terceiro-Sargento Fernanda Decnop concluiu a quarta bateria da categoria na 19ª posição - Divulgação
Terceiro-Sargento Fernanda Decnop concluiu a quarta bateria da categoria na 19ª posição – Divulgação

Na classe Laser radial feminino, a Terceiro-Sargento Fernanda Decnop concluiu a quarta bateria da categoria na 19ª posição. Na classe Finn, o Terceiro-Sargento Jorge Zarif completou a segunda bateria na 6ª posição. As provas continuam sendo disputadas na Marina da Glória nesta quarta-feira (10).

Remo

O Brasil não tem mais chances de medalha no remo nos jogos do Rio. Nesta terça-feira, na repescagem, no skiffduplo peso-leve masculino, o Terceiro-Sargento Willian Giaretton e seu companheiro Xavier Maggi chegaram em quinto lugar.

PROLIM

Os atletas da Força fazem parte do Programa Olímpico da Marinha (PROLIM). Lançado em 2012, o PROLIM visa, além da participação de seus atletas em competições militares, à transformação do Brasil em uma potência olímpica.

Veja na reportagem:

(CCSM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *