Atletas militares disputam Panamericano de Taekwondo no México

Brasília, 08/06/2016 - O desporto militar estará representado nos Campeonatos Panamericanos Senior e Open de Taekwondo, que acontecem a partir da quarta-feira (8) e seguem até o próximo dia 12 de junho, na cidade de Querétaro, no México. A seleção brasileira é toda militar e conta com 16 atletas que integram o Programa de Alto Rendimento do Ministério da Defesa com apoio do Ministério do Esporte.

Atletas militares disputam panamericano de taekwondo no México

Atletas militares disputam panamericano de taekwondo no México

A atleta paraense Josiane Lima, de 28 anos, representará o Exército Brasileiro em busca de mais uma medalha para a sua carreira. “Eu irei disputar a medalha de ouro. Não irei para o Panamericano para outro motivo a não ser para conquistar essa medalha de ouro para o Brasil”, afirma. A atleta é titular da seleção brasileira, primeira colocada no ranking nacional e 17ª do mundo.

Sob o comando da delegação está o técnico Belmiro Giordani, tenente da Marinha. “Considerando o alto índice técnico da competição, a nossa expectativa é que o Brasil fique entre os três melhores no ranking geral porque nós temos atletas que já são campeões panamericanos”, conta.

Também participam do campeonato os atletas brasileiros sargentos da Marinha Henrique Precioso, Valéria Santos, Felipe Enju, Talisca Reis, André Bilia, Hellorrayane Paiva, Guilherme Felix, Guilherme Alves, Rafaela Araújo, Ana Carolina Souza, além dos sargentos do Exército Lucas Oliveira e Raphaella Galacho, e dos sargentos da Aeronáutica Clayton dos Santos, Jamila Tanna e Charles Maioli.

Rio 2016

Durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, o Brasil também terá atletas militares disputando medalhas na modalidade de taekwondo. Na categoria masculino, irão brigar por medalhas o sargento da Aeronáutica Maicon Andrade (+80kg) e o sargento da Marinha Venilton Teixeira (58kg). No feminino, subirão no tatame as sargentos do Exército Iris Tang Sing (49kg) e Júlia Vasconcelos (57kg).

Até o momento, de acordo com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), integram o Time Brasil 205 atletas, dos quais 96 são militares participantes do Programa Atletas de Alto Rendimento – representando 47% do total.

A meta do Ministério da Defesa é classificar para as Olimpíadas 100 atletas militares e conquistar 10 medalhas. Esses números são o dobro do que foi conquistado nas Olimpíadas de Londres, em 2012, quando 51 atletas militares competiram, trazendo como resultado cinco medalhas (uma de bronze no pentatlo moderno; três de bronze e uma de ouro no judô).

Foto: Divulgação DDM

(MD ASCOM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>