Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

Atletas militares sobem ao pdio em Mundial de Esportes Aquticos

Em sua segunda melhor campanha em nmero total de medalhas, o Brasil encerrou no domingo (30) sua participao no Mundial de Esportes Aquticos, em Budapeste, capital da Hungria. O destaque mais uma vez ficou por conta dos resultados obtidos pelos atletas militares. Dos oito pdios obtidos nas modalidades de natao e maratona aqutica, seis vieram pelas mos de integrantes do Programa Atletas de Alto Rendimento do Ministrio da Defesa.

Ana Marcela nadou por mais de cinco horas os 25 quilmetros da prova, no Lago Balton
Ana Marcela nadou por mais de cinco horas os 25 quilmetros da prova, no Lago Balton

A sargento da Marinha Ana Marcela Cunha brilhou sagrando-se a primeira brasileira tricampe mundial. A atleta baiana, de 25 anos, conquistou medalha de ouro na maratona aqutica, a mais longa prova de natao do campeonato. Ana Marcela nadou por mais de cinco horas os 25 quilmetros da prova, no Lago Balton. Ainda no mundial de Budapeste, a campe subiu ao pdio duas vezes ao receber a medalha de bronze nas provas de 5 km e 10 km.

O outro ouro brasileiro conquistado no Mundial, na modalidade de 50 metros costas, veio pela tambm sargento da Marinha, Etiene Medeiros. Tive vrias pessoas ao meu lado para nadar essa prova. Para mim foi uma temporada muito diferente, eu fiquei mais nervosa do que o normal. Eu estou muito feliz, foi s energia boa, declarou a atleta.

No revezamento 4×100 m livre, o sargento da Fora Area Brasileira, Gabriel Santos, ao lado de seus companheiros, Marcelo Chierighini, Cesar Cielo e Bruno Fratus garantiram medalha de prata para o Brasil.

No ltimo dia da competio, o revezamento 4x100m medley teve a participao do sargento da Marinha Joo Gomes Jnior, do sargento do Exrcito Henrique Martins, de Guilherme Guido e Marcelo Chierighini. Guido abriu com 53s53 e deixou o time em quinto para o estilo peito de Joo Gomes, que bateu em sexto (58s80), antes de Henrique cair na gua. Ele manteve o pas em sexto (51s12) e Marcelo Chierighini (48s08) ganhou uma posio, retornando a equipe para o quinto lugar.

O outro ouro brasileiro conquistado no Mundial, na modalidade de 50 metros costas, veio pela tambm sargento da Marinha, Etiene Medeiros
O outro ouro brasileiro conquistado no Mundial, na modalidade de 50 metros costas, veio pela tambm sargento da Marinha, Etiene Medeiros

“Estamos em uma grande evoluo, desde o ano passado. A cada competio queremos buscar esta medalha. Baixamos um pouco o tempo desde a competio passada e agora brigar para abaixar mais. O saldo (da competio) bem positivo. S tenho que agradecer a todos que deram oportunidade para a gente poder nada. Temos muito a oferecer ainda para a natao brasileira”, disse o sargento Joo Gomes Junior, que tambm subiu ao pdio ao conquistar medalha de prata nos 50m peito.

O sargento do Exrcito Henrique Martins tambm ressaltou o trabalho que precisa ser feito para chegar na medalha da prova. “O medley mostra a seleo como um todo, em um conjunto de prova nos quatro estilos, ento o Brasil mostra que est melhorando. Para a medalha vamos ter que ajustar muito os detalhes, treinando muito at l, para poder buscar uma medalha na Olmpiada. No ano ps Olmpiada eu procurei disputar toda competio como se fosse o Mundial. A rotina de tentar buscar meu mximo me ajudou muito aqui. Saio feliz por ter nadado bem em todas as provas, no tanto quanto eu gostaria, faltaram alguns detalhes, comentou.

Alm das oito medalhas, o Brasil termina o Mundial dos Esportes Aquticos com sete finais e sete semifinais. O Pas conseguiu a 4 colocao nas maratonas aquticas, o 9 lugar na natao e o 10 no quadro geral de medalhas. Entre as 176 naes que participaram em Budapeste, 29 pases que subiram ao pdio, apenas cinco eram das Amricas: Estados Unidos (1); Brasil (10), o Canad (13), Equador (22) e Mxico (20).

Programa

O Programa de Alto Rendimento, uma parceria entre os ministrios da Defesa e do Esporte, conta atualmente com 627 atletas, que ocupam a patente de terceiro sargento da Marinha, do Exrcito e da Fora Area Brasileira. O objetivo apoiar atletas de alto rendimento, melhorar o desempenho e descobrir novos talentos esportivos. No mbito da Defesa, so realizados cursos para a capacitao de recursos humanos dedicados s atividades esportivas bem como o estabelecimento de metas.

O Programa inclui 41 modalidades, sendo 34 olmpicas (atletismo, badminton, basquete, boxe, canoagem slalom, canoagem velocidade, carat, ciclismo mountain bike, ciclismo de estrada, esgrima, escalada esportiva, futebol, ginstica artstica, golfe, handebol, hipismo, jud, levantamento de peso, lutas associadas, maratona, maratona aqutica, nado sincronizado, natao, pentatlo moderno, remo, saltos ornamentais, taekwondo, tiro, tiro com arco, tiro shotgun, triatlo, vela, vlei e vlei de praia), e sete no olmpicas e tipicamente militares, como cross country, lifesaving, orientao, paraquedismo, pentatlo aeronutico, pentatlo militar e pentatlo naval.

Na prtica, a funo dos atletas defender o Brasil em campeonatos militares nacionais e internacionais, como o caso dos Jogos Mundiais Militares. Em contrapartida, o atleta, que compe o quadro temporrio por at oito anos de uma das trs Foras Armadas, recebe instrues militares para uma formao bsica.

Por meio do Departamento de Desporto Militar (DDM), o Ministrio da Defesa organiza a participao militar brasileira em eventos esportivos de alto nvel e j trabalha no novo ciclo olmpico, rumo Tquio 2020, e com vistas ao 7 Jogos Mundiais Militares, em 2019, na China. Esse ano o Brasil tambm realizar os campeonatos mundiais militares de vlei de praia e de natao, no Rio de Janeiro.

Fotos: Satiro Sodr

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *