Batalhão da Guarda Presidencial revive o período da Grande Guarda

Batalhão da Guarda Presidencial revive o período da Grande Guarda

O Batalhão da Guarda Presidencial (BGP), em virtude das atividades alusivas ao Dia da Arma de Cavalaria no 1º Regimento de Cavalaria de Guardas (1º RCG), reviveu, no período de 5 a 12 de maio, a época em que existia a Grande Guarda. Esta consistia na escala de serviço no período de 6 em 6 meses de todos os palácios presidenciais, onde o BGP e o 1º RCG revezavam-se para cumprir tão importante missão.

O efetivo escalado pelo batalhão para suprir a segurança das instalações presidenciais e dos prédios militares, no período, foi de aproximadamente 300 militares por dia.

Nos meses em que o BGP não estava na Grande Guarda, eram incorporados os recrutas e a instrução se desenvolvia normalmente. Na atualidade, o BGP e o 1º RCG fazem um rodízio de metade das instalações presidenciais (Palácio da Alvorada, Granja do Torto, Palácio do Planalto e Palácio do Jaburu) durante os mesmos 6 meses, possibilitando, desta forma, que o ano de instrução possa se desenvolver nas melhores condições possíveis.

(CCOMSEX/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *