Brasil comemora em 2020 centenário da conquista da primeira medalha olímpica

Brasil comemora em 2020 centenário da conquista da primeira medalha olímpica

2020 é um ano marcante para o esporte brasileiro.  Além da realização, em julho, dos Jogos Olímpicos de Tóquio, considerado o maior evento esportivo do planeta, comemora-se, o centenário da primeira participação olímpica do País e da primeira medalha de ouro brasileira na competição, conquistada pelo Tenente do Exército Guilherme Paraense na modalidade de tiro, em Antuérpia, na Bélgica, em 1920.

Dando início às comemorações destes importantes feitos do esporte brasileiro, o Presidente Jair Bolsonaro assinou, na quarta-feira (19), em cerimônia no realizada no Palácio do Planalto, decreto que institui a Comissão Interministerial  Brasil 100 anos Olímpicos.

esta imagem não possui descrição

Estiveram presentes à solenidade o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, o Secretário Especial do Esporte, Décio Brasil, o Presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley, o Diretor do Departamento de Desporto Militar (DDM) do Ministério da Defesa, General Jorge Antonio Smicelato, além de diversos nomes do cenário esportivo nacional, entre autoridades, atletas e ex-atletas.

O decreto regulará e viabilizará o desenvolvimento de ações relacionadas às comemorações alusivas ao centenário olímpico.  E, de forma mais ampla, incentivará, ainda mais, o esporte nacional e fortalecerá a imagem do País, na medida em que ressalta a sua história, estimula a prática desportiva e permite o desenvolvimento da nação como um todo.

esta imagem não possui descrição

Durante a cerimônia, o Presidente da República condecorou 13 atletas olímpicos brasileiros com a medalha Honra ao Mérito Desportivo, entre eles, vários que possuem estreita ligação com as Forças Armadas, seja como integrantes, ex-integrantes ou colaboradores, como o Tenente do Exército Guilherme Paraense (homenagem póstuma), o Sargento da Força Aérea Arthur Zanetti (ouro em 2012 e prata em 2016 na ginástica artística), a lutadora de taekwondo Natália Falavigna (bronze em 2008), a nadadora Poliana Okimoto (bronze em 2016 na maratona aquática), o boxeador Robson Conceição (ouro em 2016) e os velejadores Lars Grael e Torben Grael (ouro em 1996 e 2004, prata em 1984 e bronze em 1988 e 2000).

Em seu discurso, o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, ressaltou a importância e o apoio das Forças Armadas ao esporte. “O esporte brasileiro deve muito ao Exército, à Marinha, à Aeronáutica, às Forças Armadas, que compreenderam o quão importante é o apoio e o suporte aos atletas”, disse o Ministro.

Até o momento, 170 atletas brasileiros já garantiram vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que serão realizados no segundo semestre deste ano. Desses, 32 são militares do Programa Atletas de Alto Rendimento (PAAR) do Ministério da Defesa.

esta imagem não possui descrição

Selo comemorativo

A cerimônia também foi marcada pelo lançamento de selo comemorativo do centenário olímpico do Brasil com imagem de Guilherme Paraense. Aos 36 anos, o militar atleta tornou-se o primeiro brasileiro a ganhar uma medalha de ouro em uma olimpíada, nos jogos de Antuérpia, na Bélgica. Paraense venceu a prova de pistola rápida de 25 metros, em 3 de agosto de 1920, acertando um tiro na mosca, superando o favorito da modalidade, o americano Raymond Bracken, com uma diferença de apenas dois pontos: 274 contra 272, na prova de desempate individual.

A família de Guilherme Paraense, representada por sua filha, Oysis Paraense, e por sua neta, Valéria Paraense, esteve presente no Palácio do Planalto, onde recebeu as homenagens e comemorou o aniversário de 100 anos do legado deixado por esse militar atleta que fez história no esporte brasileiro.

O selo estará disponível para encomendas nas agências dos Correios ou pela internet loja virtual www.correios.com.br/correios-online.

esta imagem não possui descrição

Por Maristella Marszalek

Foto: Carolina Antunes/PR

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *