Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

Brasil contribui com programa de produo de aeronave de treinamento sul-americana

Braslia, 16/06/2014-Reunidos nas instalaes da Fbrica Argentina de Avies (FAdeA), em Crdoba, norte do pas, representantes do Brasil, Argentina, Venezuela e Equador trabalham no desenvolvimento conjunto da primeira aeronave de defesa da Unio Sul-Americana de Naes (Unasul). A iniciativa do Avio Regional de Treinamento, que est na fase de prospeco de financiamento, tem o objetivo de fomentar a integrao continental e fortalecer a indstria de Defesa na Amrica do Sul.

brasil contribui com programa

Quatro empresas brasileiras participam do projeto Avio Regional: Novaer, Akaer, Flight Technologies e Avionics – todas credenciadas como empresas estratgicas pelo Ministrio da Defesa por desenvolverem tecnologias indispensveis ao Brasil.

A aeronave ser utilizada pelos militares sul-americanos para treinamento primrio bsico: primeiro contato do piloto militar com a aviao. Representantes dos quatro pases envolvidos no consrcio j levantaram os requisitos tcnicos indispensveis ao Avio de Treinamento, bem como quais sero os custos do projeto. O momento agora o de estruturar o financiamento que, no Brasil, dever ser feito por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES).

Entramos na fase pr-contratual e estamos encerrando os requisitos tcnicos, logsticos e industriais do sistema. Depois disso poderemos realizar o contrato de desenvolvimento, explica o coronel Ricardo Roquetti, representante do Ministrio da Defesa no comit tcnico e no escritrio gerencial do consrcio responsvel pela produo da futura aeronave.

UnasurAero

Para viabilizar o projeto, ser criada no prximo semestre a sociedade annima UnasurAero. A corporao permitir que as empresas envolvidas no projeto possam ser contratadas e remuneradas pelos materiais e equipamentos fornecidos.

Os pases envolvidos vo fazendo os pagamentos por etapa para a Unasur Aero, que posteriormente vai contratando as empresas com relao aos seus pacotes de trabalho, explica o coronel Roquetti.

De acordo com o coronel, o Brasil dever colaborar com cerca de 62% dos subsistemas. A fase de desenvolvimento do projeto ter um custo aproximado US$ 60 milhes. Com isso, pelo menos US$ 36 milhes sero destinados s empresas brasileiras. As empresas argentinas devero participar com 28%, e as equatorianas e venezuelanas com 5% cada.

Nosso trabalho propiciar para as empresas brasileiras um ambiente de previsibilidade e confiana, completa.

Demanda inicial

O gerente do Departamento de Produtos de Defesa (Deprod) do Ministrio da Defesa, coronel Hilton Grossi, destaca que o projeto, ainda em fase de desenvolvimento, j conta com uma demanda inicial de 92 aeronaves, sendo que 50 devero ser adquiridas pela Argentina, 24 pela Venezuela e 18 para o Equador.

Segundo Grossi, a Fora Area Brasileira (FAB) no planeja a aquisio da aeronave, por no estar em fase de substituio da sua frota de treinamento. Entretanto, assegura que o projeto trar benefcios de mdio e longo prazo rea de Defesa Brasil.

Nosso grande objetivo fortalecer a nossa capacidade produtiva e fomentar as indstrias nacionais estratgicas de defesa. Quanto mais tecnologia um pas tem, mais autnomo ele fica, analisa.

Montagem

Aps a etapa de desenvolvimento, o projeto entrar na fase de produo, na qual as empresas de cada pas contribuiro de alguma forma. Em princpio, as brasileiras participaro com as asas equipadas (Akaer), trem de pouso (Novaer) e painel de equipamentos (Avionics e Flight Tecnologies). A participao das empresas argentinas ser com as portas, hlices, montagem de motor e assentos ejetveis.

Benefcios

Para o Brasil e suas empresas, o projeto se apresenta como uma oportunidade de consolidar sua liderana regional, alm de propiciar o ingresso de empresas nacionais em mercados normalmente dominados por chineses, russos e israelenses.

O programa tambm ajudar a desenvolver a indstria de defesa argentina, atualizando seus processos de gesto e tendo acesso s melhores prticas exercidas por nossas empresas. Alm disso, vai suprir a necessidade operacional de 50 aeronaves para a Escola de Aviao Militar da Argentina.

Para o Equador e Venezuela, a grande vantagem a participao em um processo de desenvolvimento, o que dever fortalecer as indstrias desses pases, alm de suprirem suas necessidades operacionais de aeronaves de treinamento.
O projeto est completamente alinhado com a Estratgia Nacional de Defesa e o com as diretrizes do MD no esforo de fortalecimento da cooperao e do desenvolvimento regionais.

Fotos: Divulgao

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *