Brasil segue com 66 medalhas nos Jogos Mundiais Militares

Mungyeong, 09/10/2015 – O Brasil soma até o momento 66 medalhas e permanece em terceiro lugar no ranking dos 6º Jogos Mundiais Militares, que acontecem até o próximo domingo (11), na República da Coreia. Os atletas das modalidades consideradas tipicamente militares ajudaram o país a permanecer com uma diferença significativa de 21 medalhas em relação ao país anfitrião. Os pentatlos naval, militar e aeronáutico, orientação e paraquedismo garantiram quatro medalhas de ouro, três de prata e quatro de bronze.

Esportes militares rendem onze medalhas para o Brasil (Foto: Divulgação)

Esportes militares rendem onze medalhas para o Brasil (Foto: Divulgação)

O Brasil fechou as competições de pentatlo militar com um saldo de quatro medalhas: uma de ouro no relay feminino, uma de prata no relay masculino, uma de bronze por equipes e uma de bronze no individual com o tenente do Exército Douglas de Castro Jacinto.
“No ano passado, nós ficamos em segundo pelo fotofinish e perdemos para essa mesma equipe da China. Esse ano tinha que ser diferente, tinha que ser nosso, estava engasgado”, desabafa a sargento Tatiane Ramos, medalha de ouro no relay. “Mesmo considerando a vantagem das chinesas, acreditamos até o final e estamos levando esse ouro para o Brasil”, conclui.

Os pentatletas navais levaram três medalhas para o Brasil: uma de ouro por equipes masculino, uma de bronze por equipes feminino e uma de bronze no individual, com a sargento Tatilaine Valentim de Oliveira. As suecas foram as grandes campeãs do pentatlo naval com duas medalhas de ouro.

Já no pentatlo aeronáutico, o Brasil fechou com quatro medalhas: ouro individual e por equipes masculino e duas de prata no individual e por equipes no feminino. Com esses resultados, o Brasil fechou a competição em primeiro lugar. As finais de orientação e paraquedismo acontecem neste sábado (10).

Ouro no golfe

Com uma torcida especial de seus tios coreanos nos campos do Top Bliss Country Club, na cidade de Andong, os sargentos da Aeronáutica Lucas e Luciane Lee conquistaram, nesta sexta-feira (09), medalhas de ouro no golfe, na categoria individual. O Brasil também ficou com a prata por equipes na competição.

Irmãos Lee garantem ouro no golfe nos Jogos Mundiais Militares (Foto: Felipe Barra)

Irmãos Lee garantem ouro no golfe nos Jogos Mundiais Militares (Foto: Felipe Barra)

No masculino individual, Lucas confirmou o favoritismo ao bater os coreanos Hwan Bang Doo e Seop Maeng Dong, respectivamente medalha de prata e bronze. No feminino, Luciane teve como principal adversária a francesa Anyssia Herbaut, que ficou com a medalha de prata. A jogadora da Uganda Flávia Namakula ficou com o bronze.

“Estou muito feliz. Acho que joguei bem hoje. O vento atrapalhou um pouco, mas no final deu tudo certo”, diz a atleta.

Busca por medalhas

As equipes de voleibol feminino e masculino do Brasil entram em quadra neste sábado, dia 10, para disputar a medalha de ouro. As brasileiras enfrentam as arquirrivais da China, reeditando a final dos últimos Jogos Mundiais Militares, em 2011, no Rio de Janeiro. Já a equipe masculina enfrenta o time do Egito, depois de ter vencido a Coreia por três sets a dois. Tanto a final masculina quanto a feminina serão realizadas na cidade de Gimcheon. As mulheres competem às 15 horas, e os homens às 17h30, horário local.

O futebol feminino vai entrar em campo contra a equipe da França às 11 horas (horário local) em Mungyeong, pelo lugar mais alto no pódio. No boxe, o sargento Paulo Santos Carvalho, da Marinha, luta pelo ouro contra o coreano Jeong Ung Park, na categoria até 49 kg. Além disso, mais onze medalhas douradas serão disputadas na natação. Os atletas do triatlo terão neste sábado (10) seu único dia de competição, enquanto orientação e tiro terão seu último dia nos Jogos.

Basquete na disputa pelo bronze

Já a equipe de basquete perdeu na semifinal para o Qatar na tarde desta sexta-feira (9), em Andong, após um jogo nervoso. Os brasileiros perseguiram o placar do time adversário cesta a cesta, por quase toda a partida.

O basquete brasileiro disputa medalha de bronze com a Coreia, neste sábado (10) (Foto: sargento Johnson Barros)

O basquete brasileiro disputa medalha de bronze com a Coreia, neste sábado (10) (Foto: sargento Johnson Barros)

Quando faltavam quatro minutos e 17 segundos para o final do terceiro tempo, conseguiram ultrapassar brevemente o outro time, para voltarem a ficar atrás na pontuação. Com o resultado, o Brasil disputa a medalha de bronze com a Coreia, neste sábado a partir das 16 horas e o Qatar enfrenta a Grécia pelo ouro.

(MD ASCOM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>