Brigada Aeromóvel comemora seus 97 anos e recebe sua Denominação Histórica

Brigada Aeromóvel comemora seus 97 anos e recebe sua Denominação Histórica

Caçapava (SP) – A 12ª Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel) – 12ª Bda Inf L (Amv) – comemorou seus 97 anos de criação com diversas atividades ocorridas entre os dias 15 e 19 de junho.

BRIGADA 1

Primeiramente, a Banda do 6º Batalhão de Infantaria Leve (6º BIL) apresentou aos presentes, no Grêmio da Nestlé, em Caçapava, clássicos e músicas da atualidade. O ponto alto, nesse dia, foi a participação do Tenor Márcio Faria e da Soprano Patrícia Bessa, que interpretaram “Mia Gioconda”, uma história de amor vivida por um Pracinha brasileiro durante a Segunda Guerra Mundial, e o clássico “O Fantasma da Ópera”, para um público superior a 500 pessoas.

No dia 17, nas dependências do Forte Ipiranga, em Caçapava, houve uma cerimônia, na qual foi concedida a denominação histórica da brigada e o lançou-se o selo comemorativo de aniversário da Brigada. O evento teve início com cultos religiosos, seguidos da apresentação da Portaria de Concessão da Denominação Histórica da 12ª Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel), que passou a se chamar “Brigada Fornovo di Taro”.

A cerimônia, presidida pelo Comandante da 2ª Divisão de Exército, General de Divisão Décio Luís Schons, contou com a presença de Ex-Combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB), com destaque para o Tenente da FEB Gilberto Boaventura Quinsan, que lutou em todos os combates da campanha na Itália. O Ten FEB Quinsan chegou ao local da solenidade em uma viatura caracterizada da Segunda Guerra Mundial e fez a entrega, ao Comandante da 12ª Bda Inf L (Amv), General de Brigada Rolemberg Ferreira da Cunha, da placa comemorativa da designação histórica da Brigada Fornovo di Taro.

Em seguida, o Pracinha descerrou a placa, juntamente com o General de Exército R/1 Luiz Seldon da Silva Muniz, o General de Divisão R/1 Plínio Abreu Coelho, o General de Brigada R/1 Alberi Slveira Dias, o General R/1 Mário Antônio Ramos Antunes, todos estes antigos comandantes da Brigada.

Durante a solenidade, o Gen Cunha falou da importância da designação histórica, uma justa homenagem aos militares envolvidos naquela que foi a maior vitória da FEB na Segunda Guerra Mundial. Durante a Batalha de Fornovo di Taro, ocorreu a histórica rendição de toda a 148ª Divisão Panzer alemã, com a captura de cerca de quinze mil soldados, milhares de veículos, armamentos e animais. Também foi realizada a entrega de diplomas a autoridades civis e militares.

No dia 19 de junho, encerrando as comemorações, o 6º Batalhão de Infantaria Leve realizou a Corrida Aeromóvel, constando de caminhada, passeio ciclístico e corrida rústica. As inscrições foram realizadas por meio de doações de um quilo de leite em pó, que foram encaminhadas para o banco de leite da cidade de Caçapava (SP).

(CCOMSEX/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *