Capitania dos Portos de Sergipe homenageia vítimas dos naufrágios ocorridos durante a Segunda Guerra

Capitania dos Portos de Sergipe homenageia vítimas dos naufrágios ocorridos durante a Segunda Guerra

Por ocasião dos 76 anos dos naufrágios dos navios “Baependi”, “Araraquara” e “Aníbal Benévolo”, a Capitania dos Portos de Sergipe (CPSE) rendeu homenagens às vítimas. A cerimônia foi realizada no dia 17 de agosto, no Memorial localizado no Cemitério dos Náufragos, em Aracaju-SE.

Após os ataques do submarino alemão U-507, os afundamentos vitimaram 551 pessoas na costa de Sergipe, em 15 e 17 de agosto de 1942, gerando grande comoção nacional. O episódio levou o Governo brasileiro a declarar guerra às nações do eixo no dia 31 de agosto do mesmo ano.

Durante a cerimônia, a CPSE expôs no local uma boia salva-vidas do Navio “Araraquara”, que é parte do acervo permanente do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. Ao toque de silêncio, todos os militares prestaram continência em tributo aos que perderam suas vidas nos naufrágios. Em seguida, foi descerrada a placa substituta de identificação do cemitério.

O Capitão dos Portos de Sergipe, Capitão de Fragata Alessandro Pires Black Pereira, ressaltou a importância da população reviver o acontecimento, que culminou com a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial.

O evento foi finalizado com uma aposição floral, realizada pelo Capitão dos Portos e pelo Presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, Desembargador Cezário Siqueira Neto. Militares e autoridades civis das diferentes esferas do poder público sergipano participaram da cerimônia, que foi presidida pelo Comandante do 2º Distrito Naval, Vice-Almirante Almir Garnier Santos. Alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Elias Montalvão, que funciona próxima ao Memorial, também estavam presentes.

(CCSM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *