CCOPAB realiza Exercício Avançado de Operações de Paz e certifica BRABAT 25

CCOPAB realiza Exercício Avançado de Operações de Paz e certifica BRABAT 25

Jaboatão dos Guararapes (PE) – No dia 21 de outubro, o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) realizou a cerimônia de Certificação do Batalhão de Força de Paz (BRABAT – sigla em inglês) que irá compor o 25º Contingente Brasileiro para a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH, sigla em francês).

A atividade ocorreu durante análise pós-ação (APA) do Exercício Avançado de Operações de Paz (EAOP), e teve por objetivo a entrega dos Diplomas de Certificação do Batalhão, em conformidade com as normas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU).

 ccopab2

A APA foi iniciada pelo Comandante do CCOPAB e Diretor do EAOP, Coronel Carlos Augusto Ramires Teixeira, e contou com a presença do Comandante da 10ª Brigada de Infantaria Motorizada (10ª Bda Inf Mtz), General de Brigada Francisco Humberto Montenegro Junior, que também era o Coordenador do Preparo do 25º Contingente; e de comandantes de organizações militares da região.

 Destaca-se a participação do Coronel Ricardo Pereira de Araújo Bezerra, Comandante do 23º Contingente do BRABAT, na condução da apresentação das observações colhidas por cada Observador Controlador e Avaliador, baseadas nas mais recentes experiências colhidas durante a missão.

O EAOP foi desenvolvido no perímetro urbano da cidade de Jaboatão dos Guararapes, o que exigiu uma complexa logística de material e de pessoal para coordenar, avaliar e certificar as atividades desenvolvidas pelo BRABAT 25. Militares, voluntários civis, tripulações de duas aeronaves da Aviação do Exército e representantes de órgãos de segurança pública local trabalharam em prol da missão das três Forças coirmãs.

ccopab1

Durante a primeira semana do Exercício, o BRABAT, composto por militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, foi empregado na reação a incidentes que simularam situações passíveis de serem encontradas no Haiti, com ênfase na avaliação dos Grupos de Combate e de Pelotões.

A segunda semana do exercício teve por objetivo avaliar o Estado-Maior do Batalhão, no contexto das Operações de Paz, mantendo a execução dos incidentes de tropa no terreno e exigindo um trabalho coordenado bastante similar ao que será encontrado no Haiti. Essa fase foi realizada dentro de um contexto de alta complexidade, demandando elevado grau de conhecimento das Regras de Engajamento e todos os demais conhecimentos inerentes ao emprego em missões de paz.

 (CCOMSEX / FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *