Celso Amorim encerra Curso de Altos Estudos de Política Estratégica da ESG

Rio de Janeiro, 01/12/2014 – O ministro da Defesa, Celso Amorim, proferiu a palestra de encerramento do Curso de Altos Estudos de Política Estratégica (CAEPE) da Escola Superior de Guerra (ESG) na última sexta-feira (28/11), no Rio de Janeiro. A qualificação, a mais importante oferecida pela ESG, formou 73 civis e militares, sendo nove estrangeiros de países amigos: Argentina, Colômbia, Equador, Estados Unidos, México e Peru.

Celso Amorim encerra Curso de Altos Estudos 1

A turma “ESG: 65 anos pensando o Brasil” – em alusão ao aniversário completado em agosto último – homenageou o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello, morto após atentado terrorista à sede das Nações Unidas em Bagdá (Iraque), em 2003. Em seu pronunciamento, o ministro Amorim, que foi colega de Mello no Itamaraty, ressaltou que o embaixador “viveu como diplomata e morreu como soldado”.

Para o ministro, Vieira de Mello simbolizava os princípios brasileiros em política externa e de Defesa: trabalhar pela paz. Amorim revelou que na última conversa que teve com o embaixador, pouco antes do atentado fatal em Bagdá, ele havia pedido para que o Brasil tivesse um papel ativo na reconstrução do Iraque – destruído após a ofensiva ocidental que derrubara o ditador Saddam Hussein do poder. “Sérgio Vieira de Mello era um misto de diplomata, guerreiro e homem de paz”, concluiu.

Pensar o Brasil

Ao cumprimentar os 73 formandos, que por 10 meses se dedicaram à prestigiosa qualificação da ESG, o ministro destacou a vitalidade e a capacidade de renovação do CAEPE: “São homens e mulheres, civis e militares, dos mais diversos recantos do país, das mais diversas formações profissionais, todos interessados no que está disposto no nome da turma, que é pensar o Brasil”, disse.

Celso Amorim encerra Curso de Altos Estudos 2

O orador da turma, o auditor fiscal Sérgio Magalhães Lima, salientou que o CAEPE é uma qualificação diferenciada, pois “consiste na reunião de civis e militares para pensar o Brasil”. Lima também destacou as várias atividades extraclasse, como visitas às empresas que compõem a Base Industrial de Defesa (BID) e aos pelotões especiais de fronteira no Norte do país: “Pudemos conhecer o Brasil real.”

Já o comandante da ESG, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, destacou a qualidade dos formandos que a instituição “devolve à sociedade brasileira”. “Nada mais contemporâneo que a ideia de interação entre civis e militares no diagnóstico e na proposição de políticas e estratégias para o Brasil”, afirmou.

Além do ministro Celso Amorim, participaram do encerramento do CAEPE o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, general José Carlos De Nardi; o comandante da Marinha do Brasil, almirante Julio Soares de Moura Neto; o secretário-geral do Ministério da Defesa, Ari Matos Cardoso; além de outras autoridades civis e militares.

FOTO: Jorge Cardoso

(MD ASCOM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>