Centenário da Adidância de Defesa e Naval do Brasil em Portugal

O ano de 2014 fica marcado pela comemoração do Centenário da Adidância Naval do Brasil em Portugal. Fruto de uma postura coadunada à melhoria da segurança e da defesa nacionais, a Adidância fora criada pelo Decreto nº 618-A, de 04 de fevereiro de 1914, como Adidância junto à Legação Brasileira em Portugal e passou a Adidância Naval em 1946. Em 1999, com a criação do Ministério da Defesa, passou a Adidância de Defesa e Naval. Em Portugal, exerceram funções como Adido Naval 24 (vinte e quatro) oficiais até o ano de 2000 e, desde março daquele ano, exerceram funções 8 (oito) oito oficiais brasileiros.

adidancia 5A cooperação entre Brasil e Portugal no âmbito das Forças Armadas dá-se também no foro técnico, acadêmico, de altos estudos. Com crescente integração entre os Ministérios da Defesa e das Relações Exteriores, o papel do Adido de Defesa e Naval é reforçado, ainda, pela ampliação da integração bilateral, não apenas com a diplomacia mas os representantes das Forças locais, especialmente como assessor de defesa diante do alto valor das relações diplomáticas entre Brasil e Portugal.

No “ANO DO CENTENÁRIO DA ADIDÂNCIA DE DEFESA E NAVAL DO BRASIL EM PORTUGAL”, alguns dos momentos que se faz mister assinalar:

A efeméride da criação da Adidância de Defesa e Naval foi comemorada em cerimônia na Embaixada do Brasil em Portugal no dia 4 de fevereiro de 2014.

Cerimônia Comemorativa do Centenário da Adidância de Defesa e Naval, de 4 de fevereiro de 2014, na Embaixada do Brasil

Comemoração do Centenário da Adidância de Defesa e Naval, em 4 de fevereiro de 2014, na Embaixada do Brasil

Em 27 de fevereiro de 2014, a Conferência “Cem Anos de Bilateralismo entre Portugal e Brasil” foi realizada na Universidade Autônoma de Lisboa.

 Almirante Macieira Fragoso, Chefe do Estado-Maior da Armada da Marinha Portuguesa, condecorado com a Medalha da Ordem do Mérito Naval pelo Embaixador do Brasil em Portugal, Mario Vilalva, no dia 17 de junho de 2014

Almirante Macieira Fragoso, Chefe do Estado-Maior da Armada da Marinha Portuguesa, condecorado com a Medalha da Ordem do Mérito Naval pelo Embaixador do Brasil em Portugal, Mario Vilalva, no dia 17 de junho de 2014

Por ocasião da Data Magna da Marinha do Brasil, em 17 de junho de 2014, o Forte da Giribita foi excepcionalmente aberto para receber a celebração brasileira, na qual foi condecorado, com a mais alta comenda naval brasileira, o CEMA – Chefe de Estado Maior da Armada portuguesa.

 Embaixador Mario Vilalva e Almirante Macieira Fragoso, no Forte da Giribita, a 17 de junho de 2014

Embaixador Mario Vilalva e Almirante Macieira Fragoso, no Forte da Giribita, a 17 de junho de 2014

Aconteceu em Lisboa, de 22 a 25 de setembro de 2014, a passagem do 1º Pelotão Brasil, durante a XXVIII viagem de instrução do Navio-Escola Brasil, destacando-se o fato de o porto de Lisboa ter sido o único, nomundopor onde o NE-Brasil nunca deixou de atracar, o que reforçao cariz profundo de relações entre Brasil e Portugal no contexto naval.

Em 24 de setembro de 2014, o Adido de Defesa e Naval brasileiro, Capitão de MareGuerra Rogério Fortes Pedrozo proferiu palestra com o tema “O Brasil, a Amazônia Azul e os Desafios do Atlântico Sul”ao lado de ilustres figuras e intelectuais lusófonos, como Adriano Moreira, na Academia de Ciências de Lisboa, na Conferência “Independência e Estratégia Nacional, As novas plataformas continentais dos países lusófonos”.

 Capitão de Mar e Guerra Rogério Fortes Pedrozo, Adido de Defesa e Naval do Brasil, Doutor Francisco Lacerda, Presidente e CEO dos CTT - Correios de Portugal, Embaixador Mario Vilalva, Embaixador do Brasil em Portugal, Ministro-Conselheiro Matias de Vilhena e Doutor raúl Moreira, Diretor de Filatelia dos CTT - Correios de Portugal

Capitão de Mar e Guerra Rogério Fortes Pedrozo, Adido de Defesa e Naval do Brasil, Doutor Francisco Lacerda, Presidente e CEO dos CTT – Correios de Portugal, Embaixador Mario Vilalva, Embaixador do Brasil em Portugal, Ministro-Conselheiro Matias de Vilhena e Doutor raúl Moreira, Diretor de Filatelia dos CTT – Correios de Portugal

No dia 19 de novembro de 2014, na Embaixada do Brasil, foi lançado o Carimbo Comemorativo do Centenário da Adidância de Defesa e Naval do Brasil em Portugal. A cerimônia, presidida pelo Embaixador do Brasil em Portugal, Mario Vilalva, contou com a presença do Presidente e CEO dos CTT – Correios de Portugal, Dr. Francisco Lacerda, dentre outras autoridades, militares e personalidades.

O carimbo comemorativo, em contexto filatélico, tem uma grande importância, quanto à fixação para a posteridade de um momento especial, como é o caso desta efeméride. Para os estudiosos da história filatélica, está relacionado ao conhecimento do percurso da carta ou postal; com valor simbólico também de cariz cultural e de defesa e divulgação do patrimônio histórico, contribuindo, deste modo, para o reforço do conhecimento e do bilateralismo entre os dois países.

Carimbo Comemorativo do Centenário da Adidância de Defesa e Naval do Brasil em Portugal

Carimbo Comemorativo do Centenário da Adidância de Defesa e Naval do Brasil em Portugal

No âmbito da amizade portuguesa à Marinha brasileira, no passado dia 15 de novembro, o Dr. Artur Vitóriafoi empossado como presidente da primeira Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR) fora do Brasil, fato inédito, que será instalada na cidade do Porto, contando já com 68agraciados com a Medalha Amigo da Marinha, espalhados por Portugal.

(ADIDEFNAV/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>