Centro de Instrução Almirante Graça Aranha realiza Workshop sobre Eficiência Energética e Energias Renováveis

Nos dias 24 e 25 de maio, foi realizado o Workshop Eficiência Energética e Energias Renováveis, no auditório do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA). Dividido em três blocos, o primeiro dia teve como tema Energias Renováveis Aplicadas à Mobilidade, o segundo bloco de palestras teve como tema Eficiência Energética – Novas Ideias e Suas Aplicações; e com foco em Inovações na Área de Energia, o terceiro bloco de palestras fechou o workshop.

Ao final de cada rodada, os palestrantes reuniram-se com um mediador para uma “mesa redonda”, em que as dúvidas dos participantes foram respondidas. O Assessor da Comissão Interna de Conservação de Energia da Marinha (CICEMAR), Capitão de Mar e Guerra (RM1) Silva Junior, o Assessor Técnico Regulatório da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), Francisco Silva, e o Coordenador de Planejamento Gestão e Eficiência Energética da Light, Roberto Musser, integraram a banca de mediadores do workshop.

O evento contou com militares da Força, estudantes universitários e instituições de ensino. Além das palestras, houve exposição de projetos relacionados ao uso de energias renováveis. Entre os expositores, a equipe Faraday E-Racing, formada por alunos da Universidade Federal Fluminense, levou o protótipo de carro de corrida elétrico da Fórmula SAE (Sociedade de Engenheiros Automotivos). A Fundação de Apoio à Escola Técnica levou o Guarda-Sol Alternativo que capta energia solar e distribui em um cabo USB. Já a Equipe Time Brasil, formada pela Escola Naval e Universidade Federal do Rio de Janeiro, expôs o Barco Solar Almirante Tamandaré, enquanto a distribuidora de energia elétrica ENGIE levou o carro elétrico modelo Smart, entre outros expositores.

Os esforços somados para a condução do evento reafirmam o compromisso da Marinha do Brasil com o consumo de energia mais eficiente, sustentável e que demande menos recursos financeiros, visando à redução de custos da Força com energia elétrica. Também reafirma o interesse na criação de alternativas voltadas para o aprimoramento e implementação de ações que insiram a MB em um ambiente de gestão inteligente de energia.

 

(CCSM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>