Centro de Treinamento da Aeronáutica é inaugurado e entregue ao Rio 2016

Centro de Treinamento da Aeronáutica é inaugurado e entregue ao Rio 2016

Rio de Janeiro, 19/07/2016 – A Universidade da Força Aérea (Unifa), no Campo dos Afonsos, e o Clube da Aeronáutica (Caer), na Barra da Tijuca, ambos na Zona Oeste do Rio de Janeiro, entraram oficialmente no mapa dos Jogos Rio 2016 nesta segunda-feira (18). Em solenidade realizada na Unifa, com a presença do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, o Centro de Treinamento da Aeronáutica foi entregue ao Comitê Organizador.

A parceria com as Forças Armadas é fundamental para o desenvolvimento do esporte no país e deve que ser aprofundada para os próximos ciclos olímpico
A parceria com as Forças Armadas é fundamental para o desenvolvimento do esporte no país e deve que ser aprofundada para os próximos ciclos olímpico

O Ministério do Esporte investiu R$ 58,2 milhões na Unifa e R$ 31,8 milhões no Caer. Após as reformas, a estrutura da Unifa conta com dois ginásios esportivos, uma piscina olímpica coberta e aquecida, duas pistas de atletismo – com campo para arremessos e lançamentos-, hotel para 142 atletas e um Instituto de Ciências da Atividade Física (ICAF).

“A qualidade deste equipamento da Universidade da Força Aérea sintetiza o esforço que o Brasil fez para sediar os Jogos Olímpicos, com todas as instalações, na preparação dos nossos atletas, no cuidado com o que o país e a cidade do Rio de Janeiro se prepararam para este momento”, disse Leonardo Picciani, Ministro do Esporte.

Já no Caer, há três novos campos de rúgbi, uma pista de atletismo e um ginásio poliesportivo. Também foram feitas obras de infraestrutura elétrica, hidráulica e de pavimentação, além de adequações para melhoria da acessibilidade.

Os complexos serão utilizados por delegações estrangeiras durante os Jogos Rio 2016
Os complexos serão utilizados por delegações estrangeiras durante os Jogos Rio 2016

Na Unifa, serão realizados treinamentos de polo aquático, vôlei e de atletismo: no caso do último, tanto a pista quanto o campo para arremessos e lançamentos serão usados. Contando com o espaço da pista de pouso do Campo dos Afonsos, atletas de maratona e marcha também poderão se preparar na Unifa. No Caer, além do atletismo e do vôlei, também serão feitos treinos de rúgbi. Nos Jogos Paralímpicos, as estruturas da aeronáutica receberão treinamentos de atletismo, vôlei sentado e rúgbi em cadeira de rodas.

“Os esportes coletivos precisam agendar os treinamentos, mas os atletas de esportes individuais não precisam. Usain Bolt, por exemplo, pode treinar na pista da Unifa, na pista do Caer ou na pista de aquecimento do Engenhão sem precisar avisar”, exemplificou Agberto Guimarães, diretor executivo de Esportes do Comitê Rio 2016. O jamaicano bicampeão olímpico também deverá ser visto na pista do Cefan (Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes), instalação da Marinha entregue na última sexta-feira e que fechou acordo bilateral com a Jamaica para aclimatação do atletismo a partir de 24 de julho.

A solenidade realizada na Unifa contou com a presença do Comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Rossato e autoridades do Comitê Organizador
A solenidade realizada na Unifa contou com a presença do Comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Rossato e autoridades do Comitê Organizador

Após os Jogos, as instalações da Aeronáutica servirão tanto para treinos de alto rendimento quanto para ampliação de projetos sociais. “Será a oportunidade de descoberta de novos talentos em vários esportes. Nós já trabalhamos com alguns programas sociais como o Forças no Esporte, atendendo escolas que nos cercam aqui na região, já que as crianças passam o período livre fora da escola fazendo iniciação e aperfeiçoamento esportivo. Podemos incrementar agora esses programas, enquanto os atletas de alto rendimento continuarão treinando nessas instalações”, explicou o coronel Sebastião Camargo, chefe da Divisão de Esporte e Educação Física Militar.

Outras instalações militares

Além da Unifa e do Caer, o Ministério do Esporte também investiu na reforma, construção e adaptações do Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx) – que será entregue nesta terça-feira (19) –, na Escola Naval e no Cefan. O aporte em todas essas instalações soma R$ 134,5 milhões. As unidades serão utilizadas para treinamento tanto da delegação brasileira como de equipes estrangeiras.

*Com informações do Ministério do Esporte

Fotos: Miriam Jeske/brasil2016.gov.br

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *