Cerimônia de entrega do Facão do Guerreiro de Selva

Cerimônia de entrega do Facão do Guerreiro de Selva

Marabá (PA) – Na manhã de 22 de março, oficiais e praças de todas as organizações militares da 23ª Brigada de Infantaria de Selva (23ª Bda Inf Sl) participaram da 113ª Cerimônia de Entrega do Facão do Guerreiro de Selva. A tradicional solenidade aconteceu no “Tapiri da Mística” da Grande Unidade e envolveu militares possuidores do Curso de Operações na Selva, realizado no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), em Manaus (AM).

CERIMONIA 1

Dentre as autoridades presentes, estiveram o Comandante da 23ª Bda Inf Sl, General Eugênio Pacelli Vieira Mota; o Comandante da Polícia Militar do Estado do Maranhão, Coronel José Frederico Gomes Pereira; e o Comandante do CIGS, Coronel Nilton de Figueiredo Lampert.

Participaram, também, os Comandantes do 1° Grupo de Artilharia de Campanha de Selva; dos 50°, 51° e 52° Batalhões de Infantaria de Selva; da Companhia de Comando da 23ª Bda Inf Sl; do 33° Pelotão de Polícia do Exército; e o Diretor do Hospital de Guarnição de Marabá.

O que significa o “Facão do Guerreiro de Selva”

As tropas de elite mais famosas do mundo não são identificadas somente pelo valor de seus combatentes, mas também se diferenciam por possuírem uma faca ou um facão que revela o significado histórico das instituições às quais pertencem.

CERIMONIA 2

O “Facão do Guerreiro de Selva” é constituído de lâmina em metal preto-fosco, de alta resistência, de duplo corte, em formato de meia-lua. Em uma das faces, possui as inscrições “Guerra na Selva” e “CIGS”, seguidas do número de série. A outra face é personalizada com a inscrição do nome de guerra e do número de guerreiro de selva do detentor. Na extremidade do cabo, uma cabeça de onça, em metal dourado, representa o animal-símbolo da guerra na selva.

(CCOMSEX/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *