Cerimônia em Brasília marca transmissão de cargo de Comandante de Preparo

Cerimônia em Brasília marca transmissão de cargo de Comandante de Preparo

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, na sexta-feira (21), a cerimônia militar de transmissão do cargo de Comandante de Preparo, do Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar ao Tenente-Brigadeiro do Ar Sérgio Roberto de Almeida. A solenidade, em Brasília (DF), foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior.

Participaram, ainda, da cerimônia os ex-Comandantes da Aeronáutica, Tenente Brigadeiro do Ar Juniti Saito, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato e Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez; o Ministro do Superior Tribunal Militar, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira; Oficiais-Generais do Alto-Comando da Aeronáutica, Comandantes, Chefes e Diretores de Organizações Militares da FAB, dentre outras autoridades.

Em seu discurso, o Comandante da Aeronáutica resumiu os 45 anos de trajetória profissional do Tenente-Brigadeiro Aguiar na FAB e comentou sua a atuação à frente do Comando de Preparo (COMPREP), Organização Militar cuja missão é preparar meios de Força Aérea, sob sua responsabilidade, a fim de manter a soberania do espaço aéreo e integrar o território nacional.

“Sua gestão no COMPREP foi marcada por significativas conquistas que permitiram, entre tantos feitos, o sucesso dos Exercícios Operacionais Tápio e Tínia realizados no ano passado, quando foram voadas mais de duas mil horas, viabilizando o treinamento de interoperabilidade entre as Forças, além do preparo e do emprego dos meios aéreos da FAB e adjudicados”, ressaltou o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior.

Despedida

Durante a cerimônia, o Comandante de Preparo substituído se despediu do serviço ativo. Como símbolo do ato e gesto de reconhecimento, o Cadete Aviador Henrique Felipetto Silva passou às mãos do Tenente-Brigadeiro Aguiar, para custódia definitiva, o Espadim de Cadete da Aeronáutica, marco inicial de sua carreira.

O Oficial-General recebeu, ainda, a insígnia de Tenente-Brigadeiro do Ar, oferecida pelo Major Aviador José Ananias Cossetin Pereira, Oficial que o acompanhou como assistente no último ano da carreira.

Em seu discurso, em forma de vídeo, o Tenente-Brigadeiro Aguiar fez uma retrospectiva da sua carreira militar, lembrando dos principais eventos e pessoas que marcaram sua história na FAB e agradeceu a todos que participaram de sua trajetória. “Meus agradecimentos vão para todos com quem aprendi a necessária cumplicidade com os destinos da Força, pois a verdadeira força vem de um efetivo comprometido com a missão de Controlar, Defender e Integrar esse imenso e diversificado País”, retribuiu.

O Tenente-Brigadeiro Almeida salientou a satisfação profissional em poder assumir o Comando do COMPREP. “É uma honra e uma responsabilidade muito grande assumir o Comando de Preparo. Temos noção das dificuldades e da importância dessa Unidade. O COMPREP reúne a essência da FAB em termos de aviação, de preparação de pessoal e de armamento. É o eixo da defesa e da integração, no sentido de preprarar os homens e mulheres da Força Aérea para atuarem em qualquer circunstância no cumprimento da sua missão”, pontuou.

Perfil do novo Comandante

O novo Comandante de Preparo é natural da cidade de Porto Alegre (RS). Foi declarado Aspirante a Oficial Aviador em 12 de dezembro de 1984 e atingiu o atual posto em 25 de novembro de 2020. Possui todos os cursos acadêmicos de carreira e ainda MBA em Desenvolvimento Gerencial Avançado – Gestão de Política e Defesa pela Universidade Federal Fluminense.

Dentre as principais funções exercidas estão: Comandante do Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Aviação de Caça; Observador Militar da Organização das Nações Unidas (ONU) na Ex-Iugoslávia; Primeiro Comandante do 3º/3º Grupo de Aviação – Esquadrão Flecha; Comandante da Base Aérea de Porto Velho; Adido de Defesa e Aeronáutica do Brasil na Itália; e Vice-Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica.

O Tenente-Brigadeiro do Ar Sérgio Roberto de Almeida possui cerca de 3.700 horas de voo, sendo mais de três mil horas em aeronaves de caça. Já recebeu 19 condecorações nacionais e duas estrangeiras.

Clique aqui e assista ao vídeo sobre a cerimônia.

Fotos: Soldado Wilhan Campos / CECOMSAER e Soldado Santana /  BABR

Vídeo: Suboficial Barros / CECOMSAER

(CECOMSAER/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *