Cerimônia Militar em Brasília homenageia militares que perderam suas vidas em Operação no Rio de Janeiro

Brasília (DF) – No dia 24, uma formatura, em frente ao Quartel-General do Exército, comemorou o Dia do Soldado (25 de agosto). O evento, aberto ao público, reuniu autoridades civis e militares para celebrar o dia destinado ao soldado do Exército Brasileiro.

 

Neste ano, a cerimônia contou com uma homenagem da Força aos três militares mortos durante operação do Comando Conjunto nos Complexos do Alemão, da Penha e da Maré, no contexto da Intervenção Federal da Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro.

Já no início da solenidade, foi dado o toque de silêncio e as imagens dos militares foram projetadas, em solidariedade a seus pais, familiares e amigos. O Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, também fez referência aos militares falecidos na Ordem do Dia referente ao Dia do Soldado, lida na cerimônia pelo Adjunto de Comando do Exército, Subtenente Osmar Crivelatti.

“Há quatro dias, durante operações no Rio de Janeiro, perdemos o Cabo Fabiano de Oliveira Santos e o Soldado Marcus Vinícius Viana Ribeiro, ambos do 2º Batalhão de Infantaria Motorizada, além do Soldado João Viktor da Silva, do 25º Batalhão de Infantaria Paraquedista. Suas mortes tiveram repercussão restrita, que nem de longe atingiram a indignação ou a consternação condizentes com os heróis que honraram seus compromissos de defender a Pátria e proteger a sociedade com o sacrifício da própria vida.

Como eles, há soldados das três Forças Armadas que, desde a República, têm sacrificado suas vidas para que o futuro do Brasil seja diferente. É chegada a hora de dizer basta ao diversionismo e à fragmentação”, escreveu o Comandante do Exército.

A mensagem do Presidente da República, Michel Temer, fez referência ao sacrifício dos três soldados. “Hoje, uma Nação agradecida honra a memória dos militares que pereceram no desempenho de sua missão. (…) Seu sacrifício não será em vão: cumpriremos a tarefa imperiosa de recompor a ordem pública no Rio de Janeiro”, declarou.

Mais de 350 condecorações

Durante a formatura, foram entregues mais de 350 medalhas, do Exército Brasileiro e do Pacificador. Ambas foram concedidas a cidadãos e instituições que tenham contribuído para elevar o prestígio da Força Terrestre. Mais de 1.700 militares tomaram a Avenida do Exército com equipamentos, materiais e viaturas militares.

Encerrando o evento, enquanto a Banda Marcial do Exército se apresentava, a tropa em forma se organizou para um grande desfile com meios mecanizados, motorizados, hipomóveis e tropa a pé.

Leia aqui a Ordem do Dia.

(CCOMSEX/FM)

 

Fonte:Agência Verde-Oliva
Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>