Cerimônia premia vencedores do VII Concurso de Dissertações e Teses sobre Defesa Nacional

Cerimônia premia vencedores do VII Concurso de Dissertações e Teses sobre Defesa Nacional

Brasília, 12/12/2016 – Os vencedores do VII Concurso de Dissertações e Teses sobre Defesa Nacional participaram, na quinta-feira (08), no Auditório do Ministério da Defesa (MD), da cerimônia de premiação do concurso. O evento também contou com o lançamento do livro: “Defesa e Cooperação Interagências” – II volume da Coleção Defesa e Fronteiras Virtuais.

disserta-1

Na ocasião, o secretário de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto (SEPESD), do Ministério da Defesa (MD), brigadeiro Ricardo Machado Vieira destacou o empenho do MD para promover o fomento à pesquisa no sentido de conscientizar a sociedade brasileira da importância dos assuntos de Defesa e citou o Concurso como um importante instrumento para disseminação do tema. “O Concurso de Dissertações e Teses sobre Defesa Nacional é uma iniciativa de sucesso e possibilita aos pesquisadores dos assuntos de defesa um meio de difusão do conhecimento adquirido. Pensar a defesa do País implica a participação de toda a sociedade brasileira”, afirmou o brigadeiro Machado.

Nathalie Torreão Serrão foi a primeira colocada na categoria “Doutorado de Instituição de Ensino Superior (IES) Civil”. Em seu discurso, ela agradeceu a iniciativa do MD quanto ao reconhecimento de trabalhos acadêmicos e destacou a importância das dissertações e teses que concorreram ao prêmio. “A iniciativa do MD é de extrema importância para valorizar o papel do pesquisador cientifico e para promover a integração acadêmica e o amplo diálogo na sociedade civil sobre temas estratégicos para o futuro do nosso País”, ressaltou Nathalie.

disserta-2

Com objetivo de valorizar a produção de trabalhos científicos dos programas de pós- graduação das Escolas de Altos Estudos das Forças Armadas, a categoria “Mestrado de IES Militar” foi reativada e o primeiro colocado foi capitão de Mar e Guerra, Luciano Ponce Carvalho Judice, com o trabalho: “A Defesa Proativa da Amazônia Azul e a Área Estratégica do Pré-sal”.

Ao falar da dissertação, o capitão Ponce destacou: “metade da oferta interna de energia do Brasil vem do mar. O nosso Brasil Marítimo deve ser levado a sério e é nesse espirito de investigação e serviço que coloco esse trabalho”. A dissertação do capitão Ponce pode ser conferida em alguns capítulos do livro “A Defesa do Ouro Negro da Amazônia Azul” escrito por ele e pelo capitão de Fragata, Charles Pacheco Piñon. A publicação está disponível no site da Escola de Guerra Naval e, em breve, será traduzida para o idioma francês.

disserta-3

O total da quantia recebida em dinheiro pelos premiados do concurso é de R$ 27 mil. Durante a solenidade, os vencedores receberam uma panóplia e um certificado com menção à classificação.

Livro

Após a cerimônia de premiação do concurso, foi realizado o lançamento do livro “Defesa e Cooperação Interagências” – II volume da Coleção Defesa e Fronteiras Virtuais.

Organizada pelo professor Marcos Aurélio Guedes de Oliveira e pela professora Graciela de Conti Pagliari, a publicação apresenta trabalhos resultantes de pesquisas de mestrado e doutorado que possuem em comum o fato de pensar os processos que vem sendo desenvolvidos na cooperação entre agências. “Os resultados apresentados na coletânea, longe de serem definitivos, são um ponto de partida e reflexão que demonstram como os processos de cooperação em regiões e temas distintos têm avançado mais quando os pontos de partida são mais próximos”, explicou a professora Graciela.

disserta-4

O “Estudo Analítico de Políticas Públicas e Sistemas Operacionais de Proteção às Estruturas Estratégicas Terrestres” apresentado no livro foi citado pelo brigadeiro Machado. “O estudo foi fomentado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no âmbito do Programa Pró Estratégia e conta com o apoio do MD devido a importância do tema. Parabenizo os autores e colaboradores pela feliz iniciativa e qualidade dos estudos apresentados”, elogiou o brigadeiro.

Participaram da cerimônia, representantes da SEPESD, da Escola Superior de Guerra (ESG), do Instituto Brasileiro de Estudos de Defesa Pandiá Calógeras (IBED), do Departamento de Desporto Militar (DDM), da Vice chefia de Logística (VCHELOG), do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), do Ordinariado Militar do Brasil e do Departamento de Ensino (DEPENS).

Fotos: 1° Ten Maurilio Kelly/MD

(MD ASCOM/ FM)

Leia também:  Aeronáutica forma 177 cadetes na Academia da Força Aérea (AFA)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *