Certificação do preparo da Corveta – FTM / UNIFIL

Após a efetivação do preparo dos integrantes do Estado-Maior da Força-Tarefa Marítima (FTM) da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL, sigla em inglês) e dos militares da Corveta “Barroso”, ambos no tocante à área de conhecimento de missões de paz, desatracou no dia 4 de agosto, da Base Naval do Rio de Janeiro, rumo ao Líbano, a V-34, que assumirá, no dia 15 de setembro, as atribuições de navio-capitânia da FTM.

Embarcação seguiu rumo ao Líbano e deve assumir as atribuições de navio-capitânia em 15 de setembroEmbarcação seguiu rumo ao Líbano e deve assumir as atribuições de navio-capitânia em 15 de setembro

Ao longo de cerca de seis meses de preparo, coordenado pela Subchefia de Operações de Paz (SC-4) deste Ministério, além de outras atividades específicas conduzidas pela Marinha do Brasil para o aprestamento da Corveta “Barroso”, foram realizadas diferentes instruções e exercícios visando às certificações de pessoal e material, conforme os requisitos estabelecidos pelas Nações Unidas para a única missão da ONU no mundo possuidora de um componente Naval, a UNIFIL.

Dentre as atividades supramencionadas, cabem destaque: a Reunião de Comando e Estado-Maior do 18° Contingente Brasileiro no Líbano, com participação do Comandante e Chefes de Departamentos do futuro navio-capitânia e de integrantes do Estado-Maior da FTM, realizada neste Ministério; o Estágio de Operações de Paz Naval, conduzido pela Escola de Operações de Paz de Caráter Naval (EsOpPazNaval) do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC); e as instruções referentes ao “pacote azul” (Core Pre-Deployment Training Materials), conduzidas tanto pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), por ocasião do Estágio de Preparação para Comandantes e Oficialidade da FTM (EPCO-FTM), como pela EsOpPazNaval do CIASC, no Estágio Preparatório para Contingentes de Tropa para Operações de Paz (E-PrepContOpPaz), para os demais membros da tripulação.

Momento da despedida da embarcação, que desatracou da Base Naval do Rio de JaneiroMomento da despedida da embarcação, que desatracou da Base Naval do Rio de Janeiro

Ainda dentro do esforço conjunto de preparo, houve a efetivação das etapas básica e avançada do exercício final de pré-desdobramento. Essa capacitação contou com a assessoria do Centro de Adestramento Almirante Marques de Leão (CAAML), da Marinha. A capacitação foi coordenada pela Subchefia de Operações de Paz (SC-4) do Ministério da Defesa.

Após 2015 e 2017, a “Operação Líbano XVI” marcará a terceira participação da “Barroso” na FTM-UNIFIL. Durante seis meses como navio-capitânia, o navio conduzirá operações de interdição marítima a fim de contribuir para o impedimento da entrada não autorizada de armamento e material correlato no território libanês, pelo mar; além de cooperar para a capacitação da Marinha Libanesa.

Com informações da SC-4

Fotos: divulgação

(MD ASCOM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>