Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

CFAOC presta apoio banhista na Praia Dourada (AM)

Em 07 de setembro, a Capitania Fluvial da Amaznia Ocidental (CFAOC) prestou apoio a uma banhista de 12 anos, na Praia Dourada, em Manaus (AM).

A criana realizava a prtica do Stand Up Paddle (SUP), por volta das 16h, quando ela prendeu a sua perna direita, na altura do joelho, em sua prpria prancha.

Militar da CFAOC presta auxlio a banhista na Praia Dourada em Manaus

O jet ski da CFAOC, que se encontrava nas proximidades realizando a atividade de Inspeo Naval, prontamente prestou o socorro devido.

Os militares da CFAOC acalmaram a vtima enquanto prestavam o apoio. Ela estava nervosa, sentindo dores causadas pelo acidente e receosa com as ondulaes causadas pelas demais embarcaes.

O jet ski rebocou a prancha onde se encontrava a menor, levando-a para um local seguro, onde foram realizados os procedimentos de socorro.

Para a prtica do SUP, a CFAOC recomenda o que diz a Portaria n 229 de 18 de novembro de 2015:

Realizar a prtica esportiva luz do dia com regresso s Marinas antes do pr do sol, tendo em vista que no dispe de iluminao noturna;

Navegar em grupo, sempre que possvel, usando coletes salva-vidas, e a fim de prestar auxlio mtuo, quando necessrio;

Realizar as travessias de rios e canais sempre na perpendicular, a fim de navegar na menor distncia entre as margens, bem como evitar a fila indiana de SUP e a obstruo do canal para as demais embarcaes;

Evitar a prtica esportiva junto aos portos em atividades porturias, bem como nas proximidades de Terminais de Uso Privado (TUP) e Estaes de Transbordo de Cargas (ETC); e

Ao se aproximar das margens ter ateno aos banhistas e demais embarcaes em trnsito.

Recomendaes aos condutores de embarcao de modo geral:

Os condutores das demais embarcaes devero passar a uma distncia segura e velocidade compatvel, a fim de produzir pouco banzeiro aos praticantes de SUP.

Recomendaes s Marinas, Garagens Nuticas e Locadores de SUP:

Transmitir aos praticantes de SUP as orientaes descritas acima;

Colocar a disposio dos seus associados uma embarcao de apoio para a necessidade de socorro imediato;

Ter um controle efetivo de seus associados e o local para onde se destinam, bem como o regresso destes SUP para as Marinas at o pr do sol; e

Elaborar o Termo de Responsabilidade a ser assinado pelo praticante/associado.

A portaria destaca ainda que no Artigo 2 da Lei n 9.537/1997 que dispe sobre a Segurana do Trfego Aquavirio que o equipamento nutico SUP no est sujeito inscrio nas Capitanias/Delegacias e Agncias e que no Artigo 261 do Decreto Lei n 2.848/40, Cdigo Penal, constitui crime, expor a perigo embarcaes, prpria ou alheia, ou praticar qualquer ato tendente a impedir ou dificultar navegao martima, fluvial ou lacustre. Neste sentido, os praticantes de SUP devem manter-se distantes do trfego de embarcaes.

(CCSM/FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *