Comandante da Aeronáutica detalha reestruturação para mídia especializada em aviação

Comandante da Aeronáutica detalha reestruturação para mídia especializada em aviação

Encontro realizado em Brasília discutiu reformulação da FAB revista para ser efetivada em 2041

A reestruturação da Força Aérea Brasileira (FAB) foi o tema principal do encontro do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, com jornalistas da mídia especializada em aviação. O evento ocorreu nesta quarta-feira (09), no prédio do Comando da Aeronáutica, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

comandante-1

“Achei ótimo esse encontro, pois quanto mais próximos estivermos da imprensa melhor. É uma grande oportunidade para explicarmos a esses profissionais os assuntos relevantes relativos à Força Aérea”, salientou o Comandante da Aeronáutica.

No briefing, o Tenente-Brigadeiro Rossato explicou os principais pontos da reestruturação da FAB, prevista para ser efetivada até o ano de 2041, quando a Força Aérea completa 100 anos.

As bases para a transformação da FAB estão apoiadas, segundo o Comandante, em dois pilares fundamentais: a concentração das atividades administrativas, com o estabelecimento, por exemplo, dos Grupamentos de Apoio (GAP); e a reestruturação organizacional, com a criação, incorporação e extinção de algumas organizações e unidades militares. O Tenente-Brigadeiro Rossato aproveitou para apresentar o conceito das “ALAS”.

“Elas serão organizações distribuídas em todo o território nacional, de nível tático, com responsabilidade focada nas atividades de preparo e emprego da Força”, explicou.

Os profissionais de imprensa também tiveram a oportunidade de questionar sobre vários temas. O Tenente-Brigadeiro Rossato explicou, por exemplo, a situação do Campo de Marte, em São Paulo, onde há, segundo ele, a concordância em se instalar um museu, e ressaltou a importância do local, considerado o 5º aeroporto mais movimentado do Brasil. Também detalhou que estão sendo alocadas mais horas de voo para a Esquadrilha da Fumaça diante do questionamento sobre a escassez de apresentações. Outro tema de destaque foi o Gripen NG.

comandante-2

“Ele vai muito bem. Temos uma centena de engenheiros na Suécia trabalhando nesse projeto que, juntamente com o KC-390, faz parte das prioridades da FAB”, complementou.

O encontro, de aproximadamente duas horas, também foi uma forma de os jornalistas da mídia especializada em aviação estreitarem os relacionamentos com o Comando da Aeronáutica.

“Foi ótimo esse espaço para a troca de ideias e informações. Acredito que essa proposta de reestruturação, com otimização dos recursos, é uma boa iniciativa e vai ajudar muito para a FAB cumprir sua missão”, afirma Fernando Valduga, editor-chefe do site Cavok.

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *