Comandante da FAB é condecorado com Ordem do Mérito do Trabalho Getúlio Vargas

 Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, foi homenageado, nesta quarta-feira (28), com a Ordem do Mérito do Trabalho Getúlio Vargas, honraria instituída pelo Ministério do Trabalho. A cerimônia de entrega da medalha, que reconheceu outras personalidades e entidades que tenham prestado relevantes serviços para o desenvolvimento e a modernização das relações de trabalho no país, ocorreu na sede do Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília (DF).

A imposição da outorga foi feita pelo Presidente da República, Michel Temer; pelo Ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello; e pelo Presidente do TST, Ministro João Batista Brito Pereira. Mais de 100 nomes – entre ministros de Estado, membros do Poder Judiciário, parlamentares, integrantes da sociedade civil e instituições – receberam a condecoração nos graus Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro.

Comandante da FAB foi homenageado no grau Grande Oficial

O Comandante da FAB, agraciado no grau de Grande-Oficial, acredita que a medalha seja resultado da crescente produtividade, da otimização de recursos e da melhor capacitação do pessoal, fatores alcançados pela Instituição em seu recente processo de Reestruturação. “Represento aqui toda a Força Aérea. O comandante não faz nada sozinho, ele tem o apoio do Alto-Comando, de todos os Oficiais e de todos os Graduados. Somos uma equipe”, destacou.

Esquadrilha

O Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), mais conhecido como Esquadrilha da Fumaça, também recebeu a medalha no grau Grande Oficial. A Unidade da FAB foi representada por seu Comandante, Tenente-Coronel Marcelo Oliveira da Silva. Segundo o oficial, esse é um reconhecimento de que o EDA tem cumprido com êxito a missão de representar a Força Aérea em suas apresentações. “Todos têm a sua especialidade e desempenham seu papel da melhor forma para que a FAB cumpra a sua missão institucional”, avaliou.

A medalha

Tenente-Coronel Marcelo representou o EDA

A Ordem do Mérito do Trabalho Getúlio Vargas foi instituída por meio do Decreto 6.247, de 25 de outubro de 2007, em substituição à antiga Ordem do Mérito, criada pelo Decreto 57.278, de 17 de novembro de 1965. É conferida a empregadores, trabalhadores, servidores públicos, personalidades e instituições nacionais e estrangeiras que sejam merecedores de reconhecimento nacional por sua atuação no desenvolvimento do campo de trabalho, na produção do bem-estar social, especialmente em prol da produtividade, da organização sindical, do justo salário, da colocação de mão de obra, da qualificação profissional, da saúde e da segurança do trabalho.

Fotos: Cabo André Feitosa

(CECOMSAER/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>