Comandante do Exército Brasileiro participa de Conferência de Comandantes dos Exércitos Americanos

O Comandante do Exército Brasileiro, General de Exército Edson Leal Pujol, participou da Conferência de Comandantes dos Exércitos Americanos (CCEA) no período de 4 a 8 de novembro de 2019, na República Dominicana. A atividade ocorreu no âmbito da Conferência dos Exércitos Americanos (CEA), que encerrou seu XXXIII Ciclo, correspondente ao biênio 2018-2019. A cada ciclo, um país diferente das Américas sedia a CEA, sendo a República Dominicana o país sede do ciclo que se encerrou.

A CEA foi criada em 1960, por decisão dos Comandantes dos Exércitos das três Américas, com o propósito de formar um foro de debates sobre temas de interesse comum das Forças Armadas do continente. Sua finalidade é aumentar a colaboração e integração entre os exércitos e contribuir, do ponto de vista do pensamento militar, para a segurança e para o desenvolvimento democrático dos países membros.

Atualmente, a conferência conta com 22 exércitos membros, quatro exércitos observadores e duas organizações militares internacionais que também exercem a função de observadores: a Junta Interamericana de Defesa (JID) e a Conferência das Forças Armadas da América Central (CFAC).

A Conferência de Comandantes é o evento culminante de cada ciclo da CEA. Participam dela os Comandantes ou Chefes de Estado-Maior dos exércitos membros, representantes de exércitos observadores e os presidentes da JID e da CFAC.

Durante a atividade, os Comandantes ratificaram as propostas que foram formuladas nas diversas conferências especializadas e nos exercícios ocorridos durante o ciclo, bem como definiram os temas para discussão e os eventos para o próximo ciclo.

Além disso, foi acordado que o Brasil sediará a CEA no XXXV Ciclo, correspondente ao biênio 2022-2023, a exemplo do que ocorreu no XXVII ciclo (2006-2007).

Sediando o ciclo, o Exército Brasileiro pretende contribuir para o estreitamento dos vínculos entre os exércitos do continente americano, fortalecendo a paz regional e a segurança hemisférica.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>