Comando da Aeronáutica apresenta à imprensa ações para a Copa América 2019

O Comando da Aeronáutica realizou, nesta segunda-feira (10/06), uma coletiva de imprensa para apresentar as ações para a Copa América 2019 e a ativação da Sala Master de Comando e Controle, no Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), no Rio de Janeiro.

O Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, destacou a importância do trabalho de coordenação e integração entre os diversos órgãos envolvidos. “A Sala Master reunirá em sistema de plantão 24 horas, no período de 10 de junho a 16 de julho, órgãos governamentais e entidades aeronáuticas para coordenar ações relativas ao espaço aéreo e aos aeroportos, visando garantir a segurança dos usuários por meio do gerenciamento de informações e do processo de tomada de decisão colaborativa”, explicou o oficial-general na abertura do evento.

Devido à experiência positiva comprovada durante a execução de eventos anteriores como a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), a Copa das Confederações, a Jornada Mundial da Juventude, a Copa do Mundo da FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, mais uma vez a Sala de Comando e Controle foi ativada.

O Chefe do CGNA, Coronel Aviador Sidnei Nascimento de Souza, apresentou os Procedimentos de Gerenciamento de Navegação Aérea para a Copa América 2019. “No transcorrer das atividades desenvolvidas na Sala Master, todas as informações sobre a chegada, os deslocamentos e a partida de autoridades e delegações serão compartilhadas. O planejamento tem como foco a segurança e a manutenção de um fluxo de tráfego aéreo rápido, seguro e ordenado”, afirmou.

Integram o grupo representantes do DECEA, da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), do Ministério da Infraestrutura, da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), do Comitê Organizador Local (COL), do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (VIGIAGRO), da Polícia Federal, da Receita Federal, do Ministério das Relações Exteriores (MRE), das empresas concessionárias de aeroportos e de representantes da aviação executiva.

A atuação integrada e coordenada permitirá o compartilhamento de informações em tempo real entre os oito aeroportos das cinco cidades-sede (Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador e Porto Alegre).

Todas as ações constam no Guia Prático de Consulta sobre os Procedimentos de Gerenciamento da Navegação Aérea para a Copa América – Brasil 2019.

Após a coletiva, convidados e imprensa visitaram a Sala de Comando e Controle e conheceram a estrutura operacional do CGNA, unidade do Comando da Aeronáutica responsável pelo gerenciamento de todos os voos dentro da área de controle do espaço aéreo brasileiro.

O Coronel Sidnei apontou, ainda, as principais atividades do CGNA, ressaltando os serviços de Gerenciamento de Fluxo de Tráfego Aéreo (ATFM) e as demandas operacionais que envolvem a Tomada de Decisão Colaborativa (CDM). “A coordenação visa manter o equilíbrio entre a demanda de voos e as capacidades dos aeroportos, mantendo o sistema aeroportuário capaz de absorver o crescimento dos movimentos aéreos durante o evento esportivo”, esclareceu o oficial.

Fotos: Luiz Eduardo Perez e Fábio Maciel  / DECEA

(CECOMSAER/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>