Comando do 3º Distrito Naval inaugura nova sede

Moderna, funcional, confortável e ambientalmente sustentável, essas são as características da nova sede do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) inaugurada em cerimônia realizada no dia 25 de maio, com a presença do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira. O novo endereço é na Rua Cel. Flamínio, S/N, Santos Reis, Natal (RN).

Nova sede do Com3ºDN em Natal (RN)

Nova sede do Com3ºDN em Natal (RN)

Após revista à tropa e canto do Hino Nacional, foi realizado o enclausuramento de uma “Cápsula do Tempo”, ao pé do mastro principal. Trata-se de um recipiente especialmente preparado para armazenar objetos e/ou informações com o objetivo que eles possam ser encontrados e utilizados pelas gerações futuras. Na cápsula foram depositados: jornais do dia; uma revista semanal de grande circulação; fotografias deste momento histórico; moeda corrente; relação nominal de todos os Oficiais, Praças e servidores civis que servem no Com3ºDN neste dia; foto da tripulação; exemplares de informativos da Marinha; informativo O Cabra da Peste, emitido pelo Com3ºDN; fotografias da construção da nova sede; além de uma mensagem deixada para os futuros Marinheiros. A cápsula deverá ser aberta em 25 de maio de 2046.

Enclausuramento de uma “Cápsula do Tempo” que deverá ser aberta em 25 de maio de 2046

Enclausuramento de uma “Cápsula do Tempo” que deverá ser aberta em 25 de maio de 2046

O Comandante da Marinha, acompanhado do Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Airton Teixeira Pinho Filho; do Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Sérgio Roberto Fernandes dos Santos; e do Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Afrânio de Paiva Moreira Junior, realizaram o descerramento da placa de inauguração das novas instalações e desataram o laço da fita. Ao final, o Capelão Naval, Capitão-Tenente (CN) Dalvio José da Silva, realizou uma benção.

“Deve-se ressaltar que dentro de um período de restrições orçamentárias que afeta distintos setores, o prosseguimento de projetos e obras pela Marinha, reforçam a acertada decisão de, com racionalidade, austeridade e criatividade, não esmorecer diante das dificuldades. Tenho a certeza de que isso somente é possível através da força de quem conhece a permanência de seus atos no tempo e do comprometimento com o Brasil, o que não nos deixa fraquejar na consolidação de uma Força Naval capacitada”, destacou do Comandante da Marinha.

“O Comando do 3º Distrito Naval passa a se situar à margem direita do Rio Potengi, no bairro de Santos Reis, em uma área de aproximadamente 14 mil metros quadrados, sendo cerca de sete mil e 300 metros quadrados de área construída. As instalações modernas, projetadas com o olhar para o futuro e sem esquecer a sustentabilidade, e os recursos necessários para o desempenho eficiente e eficaz de suas tarefas, com conforto e segurança, fazem, certamente, deste comando de área, a Organização Militar em terra mais moderna da Marinha do Brasil”, afirmou o Comandante do 3ºDN, Vice-Almirante Afrânio de Paiva Moreira Junior.

A História

O Nordeste constitui-se em importante ponto estratégico para o Brasil. Assim, em 1942, foi constituída a Força Naval do Nordeste, tão importante para a manutenção da paz, em um momento de conflito mundial.

No ano de 1945, com o término da Guerra, o território brasileiro foi dividido em Distritos Navais, objetivando atender a formulações relativas à concepção de defesa e segurança nacional. No dia 19 de novembro desse mesmo ano, foi criado o Comando do 3º Distrito Naval, sediado, inicialmente, na cidade de Recife, no Estado de Pernambuco.

Em 1976, a sede do Distrito foi transferida para a cidade de Natal, instalando-se no prédio anteriormente ocupado pela Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, tendo cinco Estados do Nordeste Brasileiro (CE, RN, PB, PE e AL) como área de jurisdição.

Ao longo do período que abrange a instalação inicial e os dias de hoje, devido ao crescimento das atribuições das suas unidades subordinadas, à implantação de novas Organizações e ao aumento de efetivo de militares, a sede passou por transformações constantes, a fim de proporcionar a adaptação necessária ao crescimento de sua estrutura.

Novas salas foram criadas, novos anexos garantiram espaço, mas sempre limitados ao mesmo terreno. As reformas destinadas ao atendimento de novos parâmetros de engenharia, tais como elétricos, hidrossanitários e de rede de computadores tornaram-se cada vez mais dispendiosas.

Assim, em abril de 2012, foi lançado o edital de permuta para a construção da nova sede do Com3ºDN. O contrato com a empresa vencedora foi firmado em setembro de 2012.

(CCSM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>