Comando do 5ºDN apresenta balanço final da Operação “Ágata 11”

A Operação “Ágata 11”, uma operação conjunta entre as Forças Armadas e órgãos públicos de esfera Federal, Estadual e Municipal completou, no dia 21 de junho, nove dias de combate aos crimes transfronteiriços. A ação visou o combate ao narcotráfico, contrabando e descaminho, tráfico de armas e munições, crimes ambientais, contrabando de veículos, imigração e garimpo ilegais.

Militares da Capitania Fluvial do Rio Paraná atuaram na Ponte da Amizade, entre Brasil e Paraguai

Militares da Capitania Fluvial do Rio Paraná atuaram na Ponte da Amizade, entre Brasil e Paraguai

No período, 155 embarcações foram inspecionadas e, deste total, 18 apresentaram irregularidades e receberam notificações. Uma balsa de travessia de passageiros, em Guaíra (PR), foi lacrada por irregularidades na documentação, além de não apresentar número de coletes suficientes para os passageiros e o tripulante não ser habilitado. Essa embarcação, logo que sanou estas discrepâncias, foi liberada, voltando a operar.

A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 5º e 8º Distrito Naval e suas Organizações Militares subordinadas, realizou atividades de inspeção naval e patrulhamento com o apoio de duas Capitanias e duas Delegacias que atuaram nos estados do Rio Grande do Sul e Paraná. Além disso, a MB promoveu três ações cívico-sociais com atendimentos médicos e odontológicos, no Chuí e Uruguaiana, no Rio Grande do Sul; e em Foz do Iguaçu, no Paraná. Em Uruguaiana também foram efetuados reparos elétricos e pintura na Escola Municipal Cinderela.

(CCSM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>