Comando Militar do Oeste promove campeonato do Exército de Cross Country

Campo Grande (MS) – Mais de 100 atletas militares de todo país participam na Capital Sul-Mato-Grossense, do Campeonato do Exército de Cross Country. As provas começaram na terça-feira, 11 de julho, no complexo do Comando Militar do Oeste (CMO).

CORRIDA 1

As mulheres foram as primeiras a encarar o desfio nacional. Na prova de percurso curto feminino, Priscila Calza, do CMO, chegou na frente e subiu no lugar mais alto do pódio. Veja as primeiras colocadas: Pódio Geral Feminino: 1º. Priscila Madruga Calza (CMO) 17:25; 2º. Mireli de Fátima Assis (CMS) 17:34; e 3º. Joyce Rodrigues de Sousa Carvalho (CMP) 17:48.

Na segunda prova do dia, os homens disputaram a medalha do percurso curto. Jose Vieira, do Comando Militar do Planalto, se destacou e levou o ouro da prova. Veja como ficou: Pódio Livre Masculino: 1º. Jose Rodrigo Vieira da Silva (CMP) 17:32; 2º. Gustavo Moreira de Bitencourt (CMS) 17:46; e 3º. Mateus Santos de Jesus (CMSE) 17:52.

Na categoria Máster do Cross Country, Leonardo Sanches, do Comando Militar do Sul, fez bonito e chegou na frente. Os três primeiros colocados: Pódio Máster Masculino: 1º. Leonardo Augusto Sanches (CMS) 18:31; 2º. Eurico Franco Soares (CMO) 19:08; e 3º. Fernando Giolo Martins (CML) 19:44.

CORRIDA 2

A competição segue até 13 de julho, com disputas entre as equipes representativas dos oito Comandos Militares de Área (Amazônia, Leste, Nordeste, Oeste, Planalto, Sul, Sudeste e Norte), sexo masculino e sexo feminino, sem distinção de círculo hierárquico.

De acordo com as regras da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), cada equipe conta com quatro atletas militares, sendo obrigatório um do sexo feminino e um atleta master (militar com no mínimo 40 anos completados até 31 de dezembro de 2017).

Além das disputas por medalhas, os atletas também participarão de uma palestra motivacional, no dia 12 de julho, com o maratonista do Programa de Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas, Solonei Rocha da Silva, medalhista de ouro na maratona nos Jogos Pan-Americanos de 2011.

CORRIDA 3

Além da integração entre a família verde-oliva, as competições militares ajudam no desenvolvimento de qualidades físicas e morais ou de certas habilidades desejáveis nos militares, também é um estímulo ao espírito de corpo das organizações militares, das Grandes Unidades, dos Grandes Comandos, dos Comandos Militares de Área e do próprio Exército Brasileiro.

(CCOMSEX/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>