Comitiva da DAerM participa de reunião de acompanhamento do Programa FX-2 da FAB

Foi realizada na cidade de Linköping, na Suécia, no período de 16 a 20 de maio, a reunião de acompanhamento do Programa FX-2 da Força Aérea Brasileira (FAB), que prevê a aquisição de aeronaves de caça com transferência de tecnologia para o Brasil. A Marinha do Brasil (MB) participou da reunião com o propósito de obter conhecimentos fundamentais relacionados à negociação para a aquisição da aeronave Gripen NG pela Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC/FAB) e a atualização do estudo preliminar de viabilidade de uma futura versão naval do modelo, denominado Sea Gripen, constante no Acordo de Compensação Industrial.

Comitiva da MB junto a representantes da empresa sueca SAAB e da COPAC/FAB

Comitiva da MB junto a representantes da empresa sueca SAAB e da COPAC/FAB

Durante o evento, a comitiva da MB, composta pelo Diretor de Aeronáutica da Marinha, Vice-Almirante Carlos Frederico Carneiro Primo, e por representantes da Marinha na COPAC e da Diretoria-Geral do Material da Marinha, teve a oportunidade de participar da cerimônia de rollout (apresentação) do Gripen E, versão que foi adquirida pela FAB. A cerimônia de apresentação teve grande repercussão internacional na mídia especializada, contando com as presenças do Ministro da Defesa da Suécia, do Comandante da Força Aérea Brasileira, dentre outras personalidades e autoridades de diversos países.

Visita às instalações da Universidade de Linköping

Visita às instalações da Universidade de Linköping

Paralelo ao evento, a comitiva da Marinha realizou uma visita à Universidade de Linköping, com o objetivo de verificar sua principal área de atuação, capacidades e as possibilidades de futuro estreitamento de informações com a MB. Durante as visitas às instalações e aos laboratórios da universidade, pôde ser observada a excelência nos recursos instrucionais disponíveis e os projetos desenvolvidos pelos alunos e professores, em parceria com a indústria aeronáutica daquele país, contribuindo para o círculo virtuoso de cooperação e sinergia entre a academia e a indústria.

(CCSM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>