Cooperação leva mais de 4 mil armas de fogo, fruto de apreensões no estado de Minas Gerais, para destruição

Belo Horizonte (MG) – A 4ª Região Militar (4ª RM) realizou, no dia 19 janeiro, a solenidade que marcou a destruição de 4.120 armas de fogo no pátio do 12º Batalhão de Infantaria (12º BI), do Exército, em Belo Horizonte. As armas eram fruto de apreensões no estado de Minas Gerais, exceto o Triângulo Mineiro, e não mais eram necessárias para a condução de processos judiciais.

A destruição das armas visa cumprir o Acordo de Cooperação Técnica nº 05/2017, firmado no dia 21 de novembro de 2017 pela Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ministra Cármen Lúcia, e pelo comandante do Exército Brasileiro, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas. O acordo prevê que as armas e munições apreendidas e sob a guarda do poder judiciário que não sejam mais necessárias aos processos judiciais devem ser encaminhadas ao Exército para destruição.

Dentro da programação prevista, após a pré-destruição desse armamento no 12º BI, as armas seguiram imediatamente para a destruição final em alto-forno de indústria siderúrgica, na Sidermin, em Sete Lagoas. Nesse procedimento final, os metais foram derretidos e as demais partes incineradas, finalizando o processo de destruição.

Estiveram presentes na cerimônia a Ministra Cármen Lúcia; o Comandante da 4ª Região Militar, General de Divisão Henrique Martins Nolasco Sobrinho; o 1º vice-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Desembargador Geraldo Augusto; o Corregedor-Geral de Justiça, Desembargador André Leite Praça; e o presidente do Centro de Segurança Institucional do Tribunal mineiro, Desembargador Estêvão Lucchesi de Carvalho.

Fonte: Agência Verde-Oliva

(CCOMSEX/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>