CPRM aborda recursos minerais e hídricos em conferência na ESG

A Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) – Serviço Geológico do Brasil, empresa pública vinculada ao Ministério de Minas e Energia, realizou um ciclo de conferências aos estagiários do Curso Superior de Defesa (CSD) da Escola Superior de Guerra (ESG), no dia 28 de junho.

Sobre o tema “Recursos Minerais e Hídricos do Brasil” fizeram uso da palavra o Diretor de Hidrologia e Gestão Territorial, Antônio Carlos Bacelar Nunes, e o Diretor de Geologia e Recursos Minerais, Dr. José Leonardo Silva Andriotti.

Segundo Antonio Bacelar, entre os principais problemas dos recursos hídricos no Brasil estão os eventos hidrológicos extremos, a ocupação desordenada, a degradação de áreas pela mineração e pela agropecuária, o saneamento básico ineficiente, o desperdício e a falta de governança da água. Atividades mais corriqueiras também podem causar prejuízo. De acordo com ele, apenas em Pernambuco já foram descartados 417 poços perfurados sem conhecimento técnico, por improdutividade.

Para o especialista, é necessária uma atenção especial à gestão dos recursos hídricos transfronteiriços, devido à tendência a conflitos no uso de águas de domínio comum entre diferentes países. No caso brasileiro, o Aquífero Guarani e as Bacias do Amazonas e do Prata. “É necessário que haja uma compreensão dos governantes de que a água é o bem mais importante. Se bem cuidada vai durar por muito tempo e se mal cuidada sua vida útil diminui em uma velocidade muito grande”, ressaltou.

Já José Leonardo Andriotti apresentou os principais projetos geológicos da CPRM em andamento, tanto em terra como na extensa área marítima, em particular no que se refere à Elevação do Rio Grande, destacando o grande potencial ainda por explorar e os óbices existentes para pesquisas em determinadas áreas.

“Temos que trabalhar em áreas que temos dificuldades. São reservas ecológicas, indígenas, florestas nacionais… Não queremos entrar em uma reserva indígena para tirar nada. Queremos apenas caracterizar a região em termos de riqueza geológica e mineral”, afirmou sobre o trabalho desenvolvido pelo Serviço Geológico do Brasil.

As conferências serviram como complemento ao I Seminário Internacional de Geopolítica dos Recursos Naturais, ao destacar a excepcional riqueza mineral do país.

ESG/FM

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>