Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

CRUZEX 2018: Ministros da Defesa do Brasil e do Chile acompanham o exerccio militar

Os ministros da Defesa, do Brasil, Joaquim Silva e Luna, e do Chile, Alberto Espia, estiveram juntos em Natal, no Rio Grande do Norte, para acompanhar o Cruzeiro do Sul Exercise (Cruzex 2018).O ministro da Defesa do Chile chegou na tera-feira (20) capital potiguar para participar da operao militar que rene 12 pases, incluindo a fora area chilena. O ministro Silva e Luna recebeu o colega chileno ainda na pista de pouso da Ala 10 (Base Area de Natal), onde se encontram diversas aeronaves dos pases participantes do exerccio.Ministro do Chile,Alberto Espia,  recebido por Silva e Luna em NatalMinistro do Chile,Alberto Espia, recebido por Silva e Luna em Natal

O Cruzex uma atividade multinacional promovida pela Fora Area Brasileira (FAB) desde 2002, que visa ao treinamento conjunto de cenrios de conflito, promovendo trocas de experincias entre vrias naes. A edio deste ano conta com cerca de 2 mil militares e 100 aeronaves brasileiras e estrangeiras. Trata-se do maior treinamento conjunto e multinacional promovido pela FAB.

Para o ministro Silva e Luna, o exerccio militar multinacional uma oportunidade das Foras Armadas brasileiras treinarem a interoperabiliade. Este ano tambm participam do exerccio foras especiais da Marinha, do Exrcito e da Aeronutica. “Costumo dizer que a razo de existir do Ministrio da Defesa exatamente adestrar as foras a operaram juntas, da a ideia da interoperabilidade”, destacou afirmou o ministro.

J o ministro Alberto Espia declarou que “o exerccio importante para seu pas, que o Chile tem a oportunidade de realizar operaes conjuntas com poderes de grande desenvolvimento tecnolgico e material blico”.

Ele ainda acrescentou que esses eventos permitem fortalecer as relaes de confiana com os pases da regio. “Os inimigos da paz no so pases, mas, cada vez mais, organizaes que agem escondidas e diante das quais devemos estar preparados”, comentou Espia.

Tambm sob a tica de guerras no convencionais, o ministro Silva e Luna disse tambm que a prpria Organizao das Naes Unidas (ONU), nos seus empregos, vem treinando contra tropas de insurgncia com guerras assimtricas, com foras estatais combatendo uma fora irregular. “O cenrio de guerra tende a ser crescente no mundo inteiro. A insurgncia um cenrio que tende a se manter por muito tempo e as foras tm que treinar hoje, considerando isso”.

Logo quando chegou na tarde da tera feira, o ministro Silva e Luna fez um voo em uma aeronave A-29 (Super Tucano). O sobrevoo de 40 minutos sobre o litoral potiguar simulou uma interceptao a uma aeronave suspeita.

Ministro Silva e Lunavoou em uma aeronave A-29 (Super Tucano)Ministro Silva e Lunavoou em uma aeronave A-29 (Super Tucano)

A principal novidade da Cruzex 2018 o cenrio de guerra no convencional, em que o combate contra foras insurgentes ou paramilitares e no entre dois Estados constitudos. o perfil encontrado em misses de paz da ONU. O exerccio militar teve incio no ltimo domingo e prossegue at o dia 30 de novembro. Nesta stima edio, alm do Brasil e Chile, esto presentes, com militares e aeronaves, Canad, Estados Unidos, Frana, Peru e Uruguai. Como observadores do exerccio participam Sucia, ndia, Bolvia, Alemanha e Portugal.

Por Alexandre Gonzaga/MD

Fotos: Keven Cobalchini/MD

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *