Curso Superior de Defesa (CSD) Realiza 2ª Viagem de Estudos

Curso Superior de Defesa (CSD) Realiza 2ª Viagem de Estudos

Os estagiários do Curso Superior de Defesa (CSD) da Escola Superior de Guerra (ESG) estão realizando a 2ª Viagem de Estudos, prevista para o ano de 2015. O local definido pela coordenação do Curso foi a Região Amazônica, com o objetivo de coletar dados e informações para os exercícios a serem elaborados pelos grupos de trabalho.

ESG 1

No dia 3 de agosto, um painel militar deu início às atividades, que contou com a participação do Comandante Militar do Norte (CMN), General de Exército Oswaldo de Jesus Ferreira; do Comandante Militar da Amazônia (CMA), General de Exército Guilherme Cals Theóphilo Gaspar de Oliveira; do Comandante do 7º Comando Aéreo Regional (VII COMAR), Major-Brigadeiro do Ar Antonio José Mendonça de Toledo Lobato; e do representante do Comando do 9º Distrito Naval (9º DN), Capitão de Mar e Guerra Alfred Dombrow Junior.

Os temas do painel foram desenvolvidos de forma a mostrar a atuação dos Comandos em suas áreas de responsabilidade e a contribuição para o crescimento e a defesa dos interesses nacionais da região.

O Comandante Militar do Norte, em sua abordagem, destacou o valor da implantação do CMN para a integração, preservação e proteção do território nacional, além da sua importância na defesa interna e externa do Brasil.

O General Theóphilo falou da especialização da tropa e a sua presteza para a defesa da Amazônia e o trabalho realizado pelo Exército no atendimento às populações ribeirinhas.

Por sua vez, o Major-Brigadeiro Lobato expôs a atuação da Força Aérea na Amazônia Ocidental e a sua relevância no apoio logístico às demais Forças, e citou ainda as atribuições do seu Comando na defesa aérea da região.

Ressaltou também o apoio logístico prestado aos pelotões de fronteira e às comunidades distantes, em particular no atendimento médico.

ESG 2

E, para encerrar, CMG Dombrow discorreu sobre a contribuição da Marinha do Brasil para a defesa e o desenvolvimento da vasta região amazônica, ressaltando o trabalho dos navios hospitais e a importância da transformação dos principais rios em hidrovias para a integração da área.

Na jornada da tarde, a comitiva visitou o Comando da Flotilha do Amazonas, ocasião em que embarcou no navio Patrulha Fluvial Raposo Tavares para conhecer o encontro das águas.

(ESG ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *