Da guarda à microfilmagem, projeto da DPHDM convida público a conhecer as práticas arquivísticas

A Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) retomou, no dia 27 de março, as atividades do projeto “Conhecendo o Arquivo da Marinha”. Destinado tanto a civis quanto a militares e servidores das diversas organizações militares da Marinha do Brasil, consiste em uma visita guiada às instalações do Arquivo da Marinha, na Ilha das Cobras, no Rio de Janeiro-RJ.

Na ocasião, os visitantes conheceram as diferentes atividades arquivísticas desenvolvidas pela diretoria, como: a custódia, descrição e classificação de documentos; e o processo de microfilmagem, convencional e digital, cuja migração de suporte visa à salvaguarda de acervos adequada às novas tecnologias; entre outras práticas.

Entre os documentos históricos disponibilizados para consulta, os participantes tiveram contato com alguns dos livros do “Arquivo Tamandaré: uma janela para o Estado Imperial Brasileiro” — nominado pelo “Programa Memória do Mundo” da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, em 2010 —que abarca um conjunto documental com aproximadamente 1.500 itens relativos ao Almirante Joaquim Marques Lisboa, Marquês de Tamandaré, Patrono da Marinha do Brasil.

Além de uma graduanda do curso de Arquivologia, da Universidade Federal Fluminense, participaram desta edição do projeto militares do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro; do Comando do 1º Distrito Naval; do Serviço de Identificação da Marinha; da Diretoria de Engenharia Naval; e da própria DPHDM.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>