Data Magna da Marinha é celebrada em Lisboa

Data Magna da Marinha é celebrada em Lisboa

No dia 11 de junho, a Marinha do Brasil celebrou o 149º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo – Data Magna da Marinha, marco decisivo da Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), o maior conflito militar da América do Sul. Em Lisboa, a solenidade foi presidida pelo Embaixador do Brasil na região, Mario Vilalva, e contou com a presença do Chefe do Estado-Maior da Armada (CEMA) da Marinha Portuguesa, Almirante Luís Manuel Fourneaux Macieira Fragoso, de Oficiais-Generais das três Forças, de adidos de defesa e navais acreditados em Lisboa e de autoridades convidadas.

Embaixador do Brasil e CEMA da Marinha Portuguesa, agraciado pela Comenda da Ordem do Mérito Naval
Embaixador do Brasil e CEMA da Marinha Portuguesa, agraciado pela Comenda da Ordem do Mérito Naval

Durante a solenidade, no Forte da Giribita, construído em 1649, foi condecorado com a Medalha da Ordem do Mérito Naval, no Grau de Grande Oficial, o Almirante Luís Manuel Fourneaux Macieira Fragoso. A referida medalha tem como finalidade agraciar personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que houverem prestado relevantes serviços à Marinha do Brasil.

Na ocasião, foi lida a Ordem do Dia da Presidenta da República, Dilma Rousseff, bem como a do Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto.

Ao encerrar a cerimônia, o Embaixador Mario Vilalva, enfatizou que nessa data a Força não se vangloria por ter vencido um conflito bélico, mas sim transforma esse dia num momento especial para exaltar as qualidades do profissional que dedica sua vida ao serviço da pátria, na defesa das águas brasileiras e de suas riquezas subaquáticas.

(CCSM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *