Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

Defesa apresenta projetos estratgicos para 2015

Braslia, 18/12/2014 A Autoridade Certificadora de Defesa AC Defesa uma das novidades da Poltica e Estratgia Setoriais de Defesa e o Plano de Gesto Estratgica do Ministrio da Defesa para o ano de 2015. Esse e outros projetos foram apresentados na manh desta quinta-feira (18) em cerimnia que reuniu o alto comando da instituio.

General Brulio de Paula Machado explicou o funcionamento da Autoridade Certificadora de Defesa
General Brulio de Paula Machado explicou o funcionamento da Autoridade Certificadora de Defesa

A AC Defesa tem como finalidade emitir e fornecer certificados digitais para o Ministrio da Defesa (MD), bem como para as trs foras singulares: Marinha, Exrcito e Aeronutica.

De acordo com o chefe do Centro de Desenvolvimento de Sistemas do Exrcito Brasileiro e responsvel pelo AC Defesa, general Brulio de Paula Machado, este projeto tem grande relevncia na atual conjuntura mundial, garantindo a segurana da informao do Estado brasileiro.

Durante sua explanao, o general Brulio explicou que a Autoridade Certificadora, vinculada Infraestrutura de Chaves Pblicas Brasileira (ICP-Brasil), a identidade virtual que permite a identificao segura e inequvoca de autores de mensagens ou transaes eletrnicas.

Por estarem vinculados ICP-Brasil, os certificados emitidos pela AC Defesa tero a mesma validade dos demais certificados emitidos por outras AC, governamentais e civis, igualmente credenciadas.

O projeto AC Defesa ter uso em assinatura eletrnica de documentos, ordenao de despesas, acesso a informes mdicos, autenticao segura de servidores de dados e acesso a sistemas de segurana mais elevada, disse o general Brulio.

AC Defesa nas Foras Armadas

Com investimentos de R$ 22 milhes e 48 militares em dedicao exclusiva, a Autoridade Certificadora conta com trs instalaes – cada qual sob responsabilidade de cada uma das foras – salas-cofre e outros equipamentos de alta tecnologia.

Brigadeiro Pompeu Brasil falou sobre a poltica setorial de defesa
Brigadeiro Pompeu Brasil falou sobre a poltica setorial de defesa

As estruturas esto localizadas na Ilha das Cobras (RJ), da Marinha do Brasil, no VI Comando Areo Regional, em Braslia, e no Centro Integrado de Telemtica do Exrcito, tambm na capital federal. O custo anual do projeto est orado em R$ 6 milhes.

Estratgia Setorial

O chefe da Assessoria de Planejamento do ministrio, brigadeiro Jos Pompeu dos Magalhes Brasil Filho, falou sobre a poltica e a estratgia setorial de defesa.

Autoridades assistem ao documentrio "Defesa: 15 anos"
Autoridades assistem ao documentrio “Defesa: 15 anos”

Conforme o brigadeiro Pompeu Brasil, o sistema de planejamento estratgico de Defesa um mtodo que organiza e alinha todos os documentos e planos, como a Poltica Nacional de Defesa e a Estratgia Nacional de Defesa.

Ainda encontram-se em fase de anlise e aprovao a Poltica Setorial de Defesa e a Estratgia Setorial de Defesa. At meados de maro do prximo ano, esses dois documentos devem estar aprovados, comentou o brigadeiro.

Os planos estratgicos tambm englobam polticas pblicas como o Projeto Rondon e o Foras no Esporte, alm de iniciativas na rea de sade.

Tambm foram apresentados projetos na rea de recursos humanos, oramento e finanas, mobilizao e comunicao social.

Documentrio sobre 15 anos do Ministrio da Defesa

Durante o evento, foi realizada a premire do documentrio Defesa: 15 anos, sobre a trajetria do Ministrio desde sua fundao, em junho de 1999.

A produo, coordenada pela Assessoria de Comunicao Social, tem 27 minutos de durao, com depoimentos dos ministros que ocuparam a pasta, autoridades civis e militares e de especialistas em Defesa.

O documentrio resgata a histria do ministrio em uma dcada e meia, apresentando registros das principais atuaes da Defesa em prol do pas e da sociedade brasileira. O filme contm imagens da participao dos militares em eventos como a Jornada Mundial da Juventude, Copa do Mundo, misses de paz, exerccios e operaes de fronteiras.

Foto: Tereza Sobreira

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *