Defesa de fronteiras e inclusão social de crianças

Rio Branco, 01/05/16 - Responsável por proteger e patrulhar 1.075 km de fronteira com Peru e Bolívia, o 4º Batalhão de Infantaria de Selva “Plácido de Castro”, em Rio Branco (AC), tem um importante trabalho de inclusão social, por meio do Programa Segundo Tempo – Forças no Esporte (PROFESP), parceria dos ministérios da Defesa, do Esporte e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

FRONTEIRAS 1Em Rio Branco, a parceria também existe com a prefeitura local: “Nós fazemos a inclusão social de crianças em situações de vulnerabilidade social por meio do esporte e de atividades cívico-sociais dentro do quartel. O projeto começou há dois anos e atende hoje 50 crianças. Nosso objetivo é expandir para os pelotões de fronteira e aumentar este número para 150 meninos e meninas”, explicou o tenente-coronel Medeiros Júnior.

O ministro da Defesa, Aldo Rebelo, visitou o batalhão no último domingo (1), reforçou a importância de se proteger as fronteiras na região amazônica e reconheceu a missão das Forças Armadas. “O desafio de proteger e defender o território das fronteiras é antigo e nunca foi fácil”, afirmou.

Com um efetivo atual de 1.032 militares, o batalhão é responsável por proteger e patrulhar 1.075 km de fronteira com Peru e Bolívia, a unidade militar abrange 17 municípios (sendo 15 no Acre e 2 no Amazonas).

Em 2015, o batalhão, vinculado à 17ª Brigada de Infantaria de Selva, sediada em Porto Velho, participou das operações Brasil Integrado I e II, Curare VII, Ágata X, Transacreana e Curaretinga. Foi realizado o reconhecimento de 3.439 km de fronteira terrestre e 2.616 km fluviais.

O nome do batalhão é uma referência a José Plácido de Castro, militar responsável pela defesa do Acre e a sua anexação, com a Revolução Acreana, ao território brasileiro.

Fotos: PH Freitas/ MD

((MD ASCOM/ FM)

 

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>