Delegacia Fluvial de Uruguaiana apoia apreensão de 1,5 tonelada de milho contrabandeado da Argentina

Delegacia Fluvial de Uruguaiana apoia apreensão de 1,5 tonelada de milho contrabandeado da Argentina

A Delegacia Fluvial de Uruguaiana (DelUruguaiana) participou, de 20 a 26 de março, da Operação “Ágata” com a Polícia Federal, Força Nacional, Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Polícia Civil e Patrulha Ambiental (PATRAM) da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, empregando 42 militares e 30 agentes desses órgãos de segurança pública e agências civis governamentais da região. Durante a operação, foi apreendida 1,5 tonelada de milho proveniente de contrabando da Argentina.
As ações da DelUruguaiana abrangeram a área oeste do Rio Grande do Sul, que se estende das cidades de Derrubadas à Barra do Quaraí pelo Rio Uruguai, região fronteiriça com a Argentina.
Embarcações da Marinha do Brasil e Polícia Federal operando no Rio Uruguai
Durante a Operação, foram conduzidas atividades de Inspeção Naval e patrulhamento, totalizando 83 abordagens; 15 notificações de infrações emitidas; cinco apreensões de embarcações e de uma espingarda calibre 28 com 18 cartuchos de munição.
Ocorreram, também, cinco autuações pelos militares da PATRAM de embarcações que praticavam pesca ilegal e uso de apetrechos de pesca proibidos. Foram apreendidos 1.300 metros de redes de pesca proibidas, 1.400 metros de espinhéis, um guincho elétrico e três armadilhas de cabo de aço para pesca de grandes espécies de peixes. Coibir o uso de material de pesca ilegal visa a proteger os organismos aquáticos.
(CCSM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *