Desfile de alunos e ex-alunos marca os 126 anos do Colégio Militar do Rio de Janeiro

Desfile de alunos e ex-alunos marca os 126 anos do Colégio Militar do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro, 06/05/2015 – O ministro da Defesa, Jaques Wagner participou na quarta-feira (06) da solenidade em comemoração pelos 126 anos do Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ). Na ocasião, pode relembrar sua época de aluno da instituição em 1962. Cadete graduado, ele ingressou na escola com 11 anos de idade.

COLEGIO MIL 1
Alunos e ex-alunos desfilam em comemoração pelos 126 anos do CMRJ

Jaques Wagner foi recebido com honras militares juntamente com o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas.

Durante o evento, o ministro marchou com ex-alunos de sua turma, entre eles, o brigadeiro Allemander Pereira. O desfile também contou com a participação de ex-alunos de instituições militares e civis, públicas e privadas.

O ministro também abriu a exposição “70 anos da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália” e participou do lançamento do livro dos 125 anos do CMRJ, escrito por Fabrícia Carvalho.

Durante a permanência no colégio, o ministro recebeu pedido para apoiar as obras de reconstrução do museu instalado na instituição militar. O comandante do CMRJ, coronel Alex Vander Lima Costa, informou que irá elaborar um projeto de reforma.

“Símbolo maior da educação militar, vejo que o colégio precisa de recursos. Encaminhem o projeto de restauração que vamos viabilizá-lo”, disse o ministro.

Na oportunidade, o ministro ainda conversou com o veterano da FEB tenente Álvaro José de Oliveira, de 91 anos. Depois recebeu o resumo do livro de 700 páginas “Estrela de David no Cruzeiro do Sul”, no qual é citado.

“Estou orgulhoso de presidir a solenidade que aqui participei como aluno”, ressaltou Wagner, que estudou no CRMJ até os 17 anos quando fez vestibular para Engenharia na PUC-RJ.

COLEGIO MIL 2
Wagner entregou também a medalha Graça Couto aos primeiros alunos do colégio

Wagner entregou também a medalha Graça Couto aos primeiros alunos do colégio. Na ocasião, homenageou o conselheiro Thomaz Coelho, fundador da instituição. Em discurso, o ministro lembrou da importância do colégio na sua formação.

“Em 1962, apesar de não ter nenhum militar em minha família, era um admirador da organização e dos valores. E foi nos ensinamentos deste colégio que sustentei minha carreira”, concluiu.

Foto: Felipe Barra/MD

 (MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *