Dia da Pancasila na Indonésia: Unidos na diversidade

Jakarta (Indonésia) – No dia 1º outubro, comemora-se, na Indonésia, o “Dia da Pancasila”. Nessa data, em 1965, um golpe de estado realizado por integrantes do Partido Comunista indonésio foi frustrado, no entanto acarretou na morte de seis generais e de um capitão em uma insurgência conhecida como: Movimento 30 de Setembro. Desde então, tal data é considerada como uma reafirmação da filosofia implantada pelo Presidente Sukarno, por ocasião de um discurso realizado para declarar a independência do país em 1945, que teve como tema a unidade e o respeito mútuo entre os indonésios. Dessa forma, foi a sua intensão resolver ideologias contrastantes e uni-las em torno de uma lema nacional: “Bhinneka tunggal ika”, que significa “unidade na diversidade”.

Como resultado da unidade de várias etnias e religiões, a Pancasila tornou-se uma mistura de nacionalismo e monoteísmo, objetivando uma  sociedade baseada na democracia e na justiça social que enfatiza a religiosidade e o monoteísmo.

A cerimônia foi realizada no Pancasila Sakti Monument, situado em Lubang Buaya, no leste de Jacarta, e contou com a presença do Presidente da República, Joko Widodo, integrantes do Governo e das Forças Armadas indonésias, representantes de Embaixadas e Adidos Militares.

Saiba mais

O termo consiste da justaposição de duas palavras em javanês arcaico (originárias do sânscrito), “pañca”, que significa cinco, e “sila” significando princípios. Sua ideia é baseada em cinco princípios considerados inseparáveis e inter-relacionados

1) Crença em um único Deus;

2) Sentimento de humanidade justa e civilizada;

3) Unidade da Indonésia;

4) Democracia guiada pela sabedoria interior e emanada das deliberações entre os representantes do povo; e

5) Justiça social para todo o povo indonésio.

(CCOMSEX/FM)

 

 

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>