Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira é comemorado na capital federal

Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira é comemorado na capital federal

Brasília, 23/10/2014 – No dia 23 de outubro, além de ser lembrado o Dia do Aviador, também é comemorado o Dia da Força Aérea Brasileira (FAB), data considerada a mais importante da instituição. Por isso, nesta quinta-feira (23), foi realizada uma cerimônia na Base Aérea de Brasília (DF), que contou com as presenças do ministro da Defesa, Celso Amorim, e dos comandantes da Marinha, almirante Julio Soares de Moura Neto, do Exército, general Enzo Peri, e da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito.

Dias do Aviador 1

Em mensagem da presidenta da República, Dilma Rousseff, lida na solenidade, foi destacada a recente apresentação do protótipo do KC-390 – maior aeronave já fabricada no Brasil. De acordo com Dilma, o projeto de produção do KC-390 contribui para o desenvolvimento do país e é símbolo de avanço tecnológico. “Estamos fortalecendo a nossa indústria aeronáutica”, disse ela, lembrando dos caças suecos Gripen NG, que também serão produzidos no país com forte participação das empresas nacionais de defesa.

Dias do Aviador 2A cerimônia foi presidida por Celso Amorim e marcou a imposição da medalha da Ordem do Mérito Aeronáutico. A comenda é entregue a militares das Forças Armadas nacionais e estrangeiras, e a civis que tenham prestado notáveis serviços ao país e, em especial, à FAB. No local da cerimônia, réplicas dos aviões 14 Bis e Demoiselle, ambos inventados por Alberto Santos Dumont, roubaram a cena do pátio de formatura.

Ficou a cargo do ministro da Defesa agraciar os estandartes das organizações homenageadas com a insígnia: Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica, Primeira Força Aérea, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, 1º Esquadrão de Helicópteros de Instrução da Marinha e 1º Batalhão de Comunicações de Selva do Exército. No total, 190 personalidades receberam o distintivo, entre elas, o comandante da Força Aérea da Suécia, major general Micael Bydén.

Criada pelo decreto 5.961, de 1º de novembro de 1943, e regulamentada pelo decreto 3446, de 4 de maio de 2000, a Ordem do Mérito Aeronáutico é concedida nos graus de grã-cruz, grande-oficial, comendador, oficial e cavaleiro.

A cerimônia

No evento desta quinta-feira (23), o ministro da Defesa foi recebido com honras militares pelo comandante da Base Aérea de Brasília, coronel aviador Avelar Konrad. Em seguida, Amorim dirigiu-se ao palanque, de onde assistiu toda a solenidade ao lado dos comandantes das três Forças Armadas.

Dias do Aviador 3

Em ordem do dia, o brigadeiro Saito citou algumas aeronaves que fizeram parte da história da aviação, como o C-95 Bandeirantes, o C-97 Brasília, o A-1 AMX, o A-29 Super Tucano e os Embraer. Durante a formatura militar, caças A-1 sobrevoaram o local.

“Estejam certos de que os principais projetos da Força – sejam ligados à área operacional, ao controle do espaço aéreo, à gestão administrativa ou ao amparo de recursos humanos – somente têm sido viabilizados pelas abnegadas contribuições diárias de cada um dos senhores e senhoras”, falou o comandante da FAB. E acrescentou: “Continuemos, lado a lado, com os irmãos da Marinha e do Exército, unindo os pontos cardeais na garantia da soberania do território”.

A cerimônia terminou com desfile da tropa ao som da Canção do Expedicionário e do Hino dos Aviadores.

Fotos: Tereza Sobreira

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *