Discurso de Entrega do Prêmio Institucional William J. Perry de 2018

Discurso de Scott D. Tollefson, Ph.D., Reitor de Faculdade e Assuntos Acadêmicos para Estudos de Defesa Hemisférica da National Defense University, durante cerimônia de entrega do Prêmio William J. Perry de Excelência em Educação de Segurança e Defesa.

É para mim uma honra e um privilégio apresentar o ganhador do Prêmio Institucional William J. Perry de 2018 pela Excelência em Educação em Segurança e Defesa: a Escola Superior de Guerra, ou ESG, aqui representada por seu Comandante, o General de Exército Décio Luís Schons. Agradeço a presença do General Schons e de sua equipe.

Este prêmio é concedido a uma instituição que, “por meio da educação, pesquisa, extensão e liderança acadêmica, (1) contribuiu para a base de conhecimento dos profissionais de defesa e segurança, (2) estimulou um ambiente cooperativo de segurança internacional e (3) promoveu a capacidade institucional sustentada nas Américas”.

Não consigo pensar em outra instituição que seja mais merecedora desse prêmio. De fato, não existe uma escola de guerra nas Américas que tenha tido um impacto mais profundo na formação do desenvolvimento de seu país.

O lema da Escola Superior de Guerra é: “Nesta casa, estuda-se o destino do Brasil”. E verdadeiramente a Escola moldou o destino do Brasil, com mais de 8500 diplomados, incluindo cinco presidentes brasileiros e 45 ministros de Estado.

Mas nenhum elogio que eu pudesse fazer à Escola Superior de Guerra se compara ao que o secretário de Defesa Mattis fez à Escola no mês passado, quando visitou o Brasil e escolheu fazer o seu mais importante discurso nas Américas na ESG. General Schons, o Sr estava lá para receber e fazer a apresentação do Secretário Mattis.

O Secretário reconheceu a importância do Brasil e da parceria EUA-Brasil. Ele ressaltou a importância da reenergização das nossas relações de defesa, enquanto construímos uma cooperação estratégica transparente, confiável e estável. Ele chamou a atenção para valores compartilhados, como a democracia e o império da lei.

O Secretário reconheceu o papel de liderança do Brasil nas Américas e expressou seu profundo respeito pelo Brasil como uma nação parceira. Em suas palavras, “Vemos um futuro brilhante para o Brasil e para o nosso hemisfério”.

Secretário Mattis destacou a importância da ESG para o Brasil e para a Parceria Brasil-Estados Unidos. Ele cumprimentou a ESG por ser uma das principais escolas do mundo no que se refere à educação profissional militar.

Hoje estamos reunidos na Universidade Nacional de Defesa, que em 1948 enviou uma equipe ao Rio de Janeiro para ajudar a instalar a Escola Superior de Guerra. A ESG foi fundada oficialmente um ano depois, em 1949, com a missão de realizar estudos e pesquisas avançados nas áreas de Política, Estratégia, Defesa e Segurança Nacional, para ajudar a preparar líderes estratégicos, tanto civis quanto militares.

A Escola Superior de Guerra sempre foi uma referência intelectual. Ela desempenhou um papel importante no desenvolvimento da Doutrina de Segurança Nacional do Brasil. Apoiou as idéias que levaram à transferência da capital federal do Rio de Janeiro para Brasília. Em 2011, a ESG estabeleceu um Campus em Brasília, que hoje é chefiado pelo General de Brigada Wilson Mendes Lauria. General Lauria, é um prazer tê-lo conosco hoje. A Escola Superior de Guerra continua sendo um importante ator na definição das estratégias de defesa e segurança do Brasil.

Uma das maiores razões para o sucesso da Escola Superior de Guerra tem sido a rede de milhares de ex-alunos espalhados pelo Brasil. Esses graduados, chamados de “Diplomados”, tornaram-se correias de transmissão para novos pensamentos, idéias e
métodos que estão sendo gerados nos campi do Rio e de Brasília e, por sua vez fornecem insumos para esse processo.

O Perry Center, com uma vasta rede de mais de 6.000 ex-alunos nas Américas, tem uma conexão particular com esse tipo de rede.

A ESG oferece muitos cursos e realiza um excelente trabalho ao reunir líderes de uma ampla gama de pessoas da sociedade. Os cursos incluem homens e mulheres; civis de todos os setores; oficiais das três Forças Armadas; funcionários dos governos federal e estadual, representantes dos três poderes; polícia; representantes de outros países; e outros.

A Escola Superior de Guerra se recusa a descansar sobre suas conquistas. Sob a liderança assertiva do General Schons, a Escola continuou a se expandir, buscando aumentar sua projeção internacional. O General Schons apoiou fortemente o novo campus em Brasília. E, sob o comando do General Schons, a ESG teve sua equipe de professores e pesquisadores reforçada.

General, quando de sua visita em abril deste ano, o Sr estava particularmente estusiasmado com a contratação de 15 novos docentes, todos com PhD. – 13 para o campus do Rio e 2 para Brasília. Nas últimas duas semanas, pude me encontrar no Brasil com vários desses professores, de ambos os campi, e posso garantir que eles têm orgulho de fazer parte de sua equipe. Eles também estão entusiasmados e também estão profundamente conscientes da importância deste novo capítulo na história da ESG.

General Schons, muito obrigado por tudo o que o Sr fez este ano para fortalecer o relacionamento da Escola Superior de Guerra com o Perry Center e a National Defense University.

Finalmente e acima de tudo, muito obrigado pela liderança transformacional que o Sr está exercendo na Escola Superior de Guerra e e em face de uma nova geração de líderes para o Brasil e para as Américas. Elogiamos o Sr e a ESG pelo compromisso sustentado com a excelência acadêmica e seu apoio a um ambiente cooperativo de segurança internacional.

Apreciamos profundamente o nosso relacionamento e esperamos fazer novas parcerias com a ESG. Neste momento, General Schons, convido-o a vir ao centro do palco para receber o Perry Award do nosso Diretor, o General Rudesheim.

Versão original:
It is my distinct honor and privilege to introduce the recipient of the 2018 William J. Perry Institutional Award for Excellence in Security and Defense Education: the Escola Superior de Guerra, or ESG, the National War College of Brazil,represented here by its Commandant, General Décio Luís Schons. To General Schons and your team: thank you for joining us today.

This award is given to an institution that, “through education, research, outreach, and scholastic leadership has (1) contributed to the knowledge base of defense and security practitioners, (2) advanced a cooperative international security environment, and (3) promoted sustained institutional capacity in the Americas.”

I can think of no institution that is more deserving of this award. Indeed, there is no war college in the Americas that has had a more profound impact in shaping the development of its country.

The Brazilian War College motto is this: “Nesta casa, estuda-se o destino do Brasil.” “In this house we study the destiny of Brazil.” And truly the Brazilian War College has shaped Brazil’s destiny, with over 85,00 graduates, including five Brazilian Presidents and 45 Ministers of State.

But no amount of praise that I could heap on the Brazilian War College could compare to the praise that Secretary of Defense Mattis brought to the Escola Superior de Guerra last month, when he visited Brazil, and chose to deliver his major speech in the Americas at ESG. General Schons, you were there to host that visit and to introduce Secretary Mattis.
The Secretary recognized the importance of Brazil and the U.S.-Brazilian partnership. He highlighted the importance of re-energizing our defense relationship, while building transparent, trusting, and stable strategic cooperation. He called attention to shared values, such as democracy and rule of law.

Secretary Mattis recognized Brazil’s leading role in the Americas and expressed his profound respect for Brazil as a partner nation. In his words, “We see a bright future ahead for Brazil and for our hemisphere.”

Secretary Mattis singled out the importance of Escola Superior de Guerra for Brazil and for the U.S.-Brazilian partnership. He praised the Brazilian War College for being one of the world’s leading universities in professional military education.
….
Today we are gathered at National Defense University, which in 1948 sent a team to Rio de Janeiro to help establish the Escola Superior de Guerra. The Brazilian War College was founded officially a year later, in 1949, with a mission to provide advanced studies and research in the areas of Politics, Strategy, Defense, and National Security, in order to help prepare strategic leaders – - both civilian and military.

The Escola Superior de Guerra has always been a thought leader. It played a major role in developing Brazil’s National Security Doctrine. It supported the ideas that led to the transfer of the federal capital from Rio de Janeiro to Brasília. In 2011 ESG establisheda Campus in Brasilia, which today is led by Major General Wilson Mendes Lauria.General Lauria, it is a pleasure to have you with us today. The Escola Superior de Guerra continues to be a major player in shaping the defense and security strategies of Brazil.

One of the biggest reasons for the success of the Escola Superior de Guerra has been the network of thousands ofalumni spread across Brazil. These graduates are called “Diplomados”, and they have become transmission belts for new thinking, ideas, and methods that are being generated at the Rio and Brasília campuses, and in turn the Diplomadosprovide inputs into that process.

The Perry Center, with a vast network of over 6,000 alumni across the Americas, feels a particular connection with this type of a network.

The Brazilian War College offers many courses and does an excellent job of bringing together leaders from a wide range of society. The courses include men and women; civilians from all sectors; military officers from all services; officials from federal and state government and across the three branches of government; police; Fellows from the international arena; and more.

The Brazilian War College refuses to rest on its laurels. Under the bold leadership of General Schons, the Escola Superior de Guerra has continued to expand, seeking to further project itself internationally. General Schons has strongly supported the newer campus in Brasilia. And, under General Schons ESG has added to its teaching and research staff.
General,when you visited us this April, you were particularly excited about the hiring of 15 new faculty members, all with Ph.D.s, 13 for the Rio campus, and 2 for Brasília. Over the past two weeks I was able to meet in Brazil with several of those professors,from both campuses, and I can assure you that they are proud to be a part of your team. They too are excited, and they too are profoundly aware of the importance of this new chapter in ESG history.
General Schons, muito obrigado for all you have done this year to strengthen the relationship of the Escola Superior de Guerra with the Perry Center and National Defense University.

Finally and most of all, muito obrigado for the transformational leadership you are providing to the Brazilian War College and to a new generation of leaders for Brazil and for the Americas. We laud you and ESG for the sustained commitment to academic excellence, and your support for a cooperative international security environment.
We deeply appreciate our relationship with you and look forward to further partnering with the Brazilian War College. At this time, General Schons, I invite you to come to the center of the stage to receive the Perry Award from our Director, General Rudesheim.

(ESG ASCOM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>