Entrevista com Almirante de Esquadra, Carlos Augusto de Souza

entrevista almiranteFM – Almirante Carlos como foi a sua passagem pela Marinha?
Alt. Carlos – Foram quarenta e seis anos que passei na Marinha e representam para mim um aprendizado muito grande. Não só um aprendizado em termos profissionais, mas também em termos pessoais. Na Marinha consideramos nossa profissão um verdadeiro sacerdócio, na medida em que sempre estamos prontos e disponíveis todo tempo para exercê-la. Na Marinha temos três postos definidos; posto de Tenente, posto de Comandante e posto de Almirante. Em termos de tenente é uma vida completamente embarcada. No meu caso como Oficial da Armada, representa em termos familiares muita ausência, mas por outro lado, é a hora em que aprendemos a ser verdadeiramente marinheiros. A partir do momento em que cumprimos os cursos regulares temos oportunidades de assessoria, em termos de estado maior e também de exercer o comando que é a grande aspiração que temos sendo Oficial da Armada. Para chegarmos ao posto de Almirante, passamos por um processo de escolha. Podemos assim participar do Alto comando da Marinha que é algo que não tem preço.
FM – Almirante, e a sua ida para o Superior Tribunal Militar?
Alt. Carlos – A minha ida para o Superior Tribunal Militar eu diria que é um coroamento e não deixo de pertencer a Marinha. Tão somente vou para o quadro especial da Marinha no judiciário. Para mim foi extremante feliz esse tempo todo ter vivido na Marinha.
FM – Almirante, qual a sua opinião sobre a Folha Militar?
Alt. Carlos – A Folha Militar apresenta todos os aspectos que nós gostamos de ler do dia a dia da vida militar. Então ficamos sabendo o que está ocorrendo nas Forças Armadas. Isso daí tem muito a ver com uma palavra nova que nós temos que é a tal da interoperabilidade.
FM – E o que nós precisamos melhorar?
Alt. Carlos – Em termos de melhoria não tenho nada a considerar. Espero somente que continuemos a receber a Folha Militar para que assim tenhamos conhecimento do que está acontecendo nas Forças Armadas.

Foto: Nathalie Alves

(Luiz Carlos Pereira Coelho / FM)

O Plenário do Superior Tribunal Militar recepcionará no dia 4 de fevereiro, a partir das 17h, em Sessão Especial, o Ministro Carlos Augusto de Sousa. A solenidade ocorrerá na sede do STM. O Ministro é Almirante-de-Esquadra e desde o dia 23 de dezembro de 2014 é ministro do STM, ocupando uma das três cadeiras destinadas à Marinha do Brasil na composição da Corte Militar.

(STM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *