ESG reúne egressos em Brasília

 A manhã desta sexta-feira (5) foi especial para os cerca de 70 egressos da Escola Superior de Guerra (ESG). Foi realizada, no auditório, do edifício-sede do Ministério da Defesa, reunião com ex-estagiários e convidados e congraçamento entre os diplomados de diversas épocas e cursos.

Encontro reuniu diversas gerações de "Esguianos"Encontro reuniu diversas gerações de “Esguianos”

O comandante da ESG – campus Brasília, general Wilson Mendes Lauria, atualizou os presentes com as principais atividades desenvolvidas pela ESG na atualidade e proferiu uma palestra acerca de temas ligados à geopolítica global. O general deu a notícia da contratação de 15 professores doutores, destacando que dois estão no campus Brasília. Citou a criação do Curso de Altos Estudos de Defesa (Caed) e falou da formatura da primeira Turma, a “Pioneiros do Planalto Central”, prevista para 7 de dezembro. Falou ainda, da criação do Instituto para Aquisição de Defesa, destinado a estudar os produtos de defesa, desde a concepção até o descarte; da criação de uma associação de ex-alunos da ESG; e, em primeira mão, deu a notícia da realização de seminário internacional, a ser realizado em novembro deste ano, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

General destacou a importância do encontro e falou da atualidade da Escola Superior de GuerraGeneral destacou a importância do encontro e falou da atualidade da Escola Superior de Guerra

Na sua apresentação, o general Lauria, abordou os seguintes temas: questões no entorno estratégico brasileiro; a importância da comunidade de línguas portuguesa; o Tratado Antártico; e a crise econômica na Venezuela. Enalteceu a realização do Caed-2018 e disse que para 2019 estão previstos cinco cursos: direito internacional, diplomacia e defesa, direito internacional em conflitos armados, proferido na língua inglesa, e um curso de análise de crise.

“O valor do encontro está em poder colocar diferentes gerações conversando, trocando ideias, e revendo velhos companheiros, e podendo fazer reflexões sobre temas contemporâneos”, destacou o general Lauria.

Destacou que as diferenças do Caed de 2018 para 2019 estão na realização de uma fase inicial, com duração de duas semanas, a distância, para nivelamento de conhecimentos; inclusão da nova disciplina: aquisição e defesa nacional; e de um jogo de crise, no final do curso. Disse que os convites para participação no curso estão sendo entregues e espera contar com a presença de 80 participantes. Ressaltou que toda a seleção será feita pela ESG-Rio e que informações acerca do curso poderão ser encontradas no site: https://www.esg.br/nota-geral-cursos-2019.pdf

O capitão de mar e guerra Andre Marcetti Oliveira, estagiário do ano de 2015, disse que foi muito interessante participar do curso pela oportunidade de fazer contatos, estreitar relacionamentos e interagir com pessoas de outras áreas de atividade. Acrescentou que o curso contribuiu para a sua carreira, pela amplitude dos assuntos abordados e pelo desenvolvimento de uma mentalidade estratégica.

Já para Kátia Adriana Cardoso de Oliveira, da Assessoria Jurídica da Casa Civil da Presidência da República, pertencente à turma Mário Travassos, realizada em Brasília, em 2017, participar do curso foi essencial para o desempenho das suas atividades. Ela destacou que após ter participado da capacitação, “sua visão de defesa mudou completamente, sobretudo, no tocante a importância da Antártica para o Brasil”. A ex-aluna comentou que a sua turma se mantém unida até hoje e que a oportunidade de se reencontrarem é especial.

Por Comandante Cleber Ribeiro

(MD ASCOM/FM)

Keven Cobalchini/MD

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>